Espermicida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1083 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O espermicida é um líquido utilizado para aniquilar os espermatozóides.
Os espermicidas são cremes, supositórios, espumas ou cremes especiais colocados dentro do órgão genital feminino antes da relação.
Eles contêm substâncias químicas que matam os espermatozóides, impedindo assim que estes fertilizem o óvulo.
Devem ser colocados no órgão genital feminino antes de cada relação sexual, como opreservativo masculino, o preservativo feminino ou o diafragma.
Os espermicidas têm poucas contra-indicações: devem ser evitados por mulheres que tenham alguma alergia a eles.

Vantagens:
É de simples utilização
Não necessitam de prescrição médica
Protege contra algumas doenças ginecológicas
Aumenta a lubrificação da vagina
Pode ser utilizado como coadjuvante de outros métodoscontraceptivos.
Desvantagens:
Dão muito pouca protecção em relação às DTS’s
Podem causar reacções alérgicas ou irritativas na mulher ou no homem
Aumentam os riscos de infecções urinárias.
Modo de Utilização:
Os cremes e espumas trazem um aplicador que depois de cheio, deve ser introduzido até ao fundo do órgão genital feminino (em posição de deitada) de forma a que o produto, fique a tapar a entrada docolo do útero
Cones, velas, comprimidos ou tabletes vaginais devem ser introduzidos com o dedo cerca de 10 minutos antes da relação sexual, pois só depois de derretidos começam a atuar
As esponjas e os cremes têm um início de acção mais rápido, pelo que podem ser colocados imediatamente antes do ato sexual
O espaço de tempo entre a aplicação do espermicida e a relação sexual deve ser cerca de 30minutos, porque vai perdendo a sua acção
A mulher só se deve lavar 6 a 8 horas após a relação sexual, porque os sabões neutralizam a acção do espermicida
Para uma maior segurança aconselha-se que a mulher se mantenha deitada durante esse período ou, no caso de ter que se levantar, aplique um tampão vaginal
Se tiver nova relação ou se a relação demorar mais de uma hora, colocar nova dose deespermicida.
Fonte: sexualidadejovens.do.sapo.pt
Espermicidas
Características
1. Tipos e Composição
Espermicidas químicos: nonoxinol-9, menfegol e cloreto de benzalcônio.
Base inerte: creme, geléia, espuma, supositório, comprimido ou filme.
Importante:
Os dados comparativos sobre a efetividade dos diferentes espermicidas em diferentes meios são esparsos.
A maioria dos estudos utiliza ononoxinol-9, que é o espermicida mais amplamente utilizado em todo o mundo.

Mecanismo de Ação
Os espermicidas matam os espermatozóides ou impedem seu movimento até o óvulo.
Eficácia
Importante ! A eficácia depende do uso do espermicida de forma correta, todas as vezes em que a mulher tenha uma relação sexual.
Em uso rotineiro: São pouco eficazes: a taxa de gravidez é de 26 para cada 100mulheres no primeiro ano de uso (uma em cada quatro mulheres).
Usados correta e consistentemente: São eficazes: a taxa de gravidez é de 6 para cada 100 mulheres no primeiro ano de uso (uma em cada 17).
O espermicida pode contribuir para prevenir algumas doenças sexualmente transmissíveis (DST): os resultados "in vitro" mostram que o nonoxinol-9, o menfegol e o cloreto de benzalcônio inativam de modoefetivo treponemas, gonococos, clamídias, o vírus do herpes e organismos causadores da vaginose bacteriana. Também vêm demonstrando, em testes laboratoriais, capacidade de desativar o HIV-4.
Estudos epidemiológicos têm demonstrado, de forma consistente, que os espermicidas, usados isoladamente ou combinados com outros métodos de barreira, reduzem a incidência de gonorréia, infecção por clamídia,tricomoníase e vaginose bacteriana. Todavia, a relação entre o uso do nonoxinol-9 e a incidência do HIV permanece obscura e, até o momento, inconclusiva.
Outros estudos têm relatado a ocorrência de irritação genital e de erosões no epitélio vaginal e do colo uterino, que seriam mais elevados com o uso mais freqüente (várias vezes ao dias) e em dosagem mais elevada. Essas alterações do epitélio...
tracking img