Ensinamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1960 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RELIGIÕES INDÍGENAS


O conhecimento do fenômeno religioso nas tradições indígenas sugere
um repensar sobre o nosso conceito acerca desses povos e sua milenar
sabedoria e cultura. Desde a colonização, os povos
indígenas têm sido explorados e excluídos ao longo da
história do Brasil.
O que podemos aprender com a sua rica cultura e
tradição? Como podemos contribuir para que osíndios
se integrem na sociedade sem perder a sua
identidade? Muitas vezes a mídia apresenta-os como
ingênuos e incapazes; povos condenados à
desintegração social. Porém, apesar do preconceito,
discriminação e exclusão de que são vítimas, existem
comunidades indígenas que têm mostrado o seu valor e
habilidade para conviver na sociedade de hoje, buscando resgatar e preservar
a sua históriae cultura, sem perder o seu referencial. Um exemplo disso são as
várias comunidades indígenas do Xingu, no Mato Grosso. “O Parque Indígena
do Xingu engloba, em sua porção sul, a área cultural conhecida como Alto
Xingu, integrada pelos Aweti, Kalapalo, Kamaiurá, Kuikuro, Matipu, Mehinako,
Nahukuá, Trumai, Wauja e Yawalapiti. A despeito de sua variedade lingüística,
esses povoscaracterizam-se por uma grande similaridade no seu modo de
vida e visão de mundo. Estão ainda articulados numa rede de trocas
especializadas, casamentos e rituais inter-aldeias. Entretanto, cada um desses
grupos faz questão de cultivar sua identidade étnica e, se o intercâmbio
cerimonial e econômico celebra a sociedade alto-xinguana, promove também a
celebração de suas diferenças”.
Os índiosquerem continuar sendo índios e têm esse direito assegurado
na Constituição do nosso país. “São reconhecidos aos índios sua organização
social, costumes, línguas, crenças e tradições, e os direitos originários sobre as
terras que tradicionalmente ocupam, competindo à União demarcá-las,
proteger e fazer respeitar todos os seus bens.” (Constituição Federal – Art.
231).
Conhecer asexpressões religiosas dos povos indígenas permite
compreender melhor a sua cultura e superar o preconceito que muitos ainda
têm em relação ao índio e seu modo de vida.
As influências da cultura do branco e das religiões, principalmente de
matriz cristã, impregnaram suas crenças e costumes, na maioria das vezes de
forma negativa, levando muitos índios a perderem sua identidade. Cabe hoje atodos os cidadãos conscientes defender os direitos de liberdade e dignidade
dos povos indígenas do Brasil.
O índio acima de tudo como ser humano deve ser respeitado. Sua
cultura precisa ser preservada, conhecida, resgatada e valorizada para que ele
tenha condições dignas de vida na sociedade contemporânea.RELIGIÕES INDÍGENAS


O conhecimento do fenômeno religioso nas tradições indígenassugere
um repensar sobre o nosso conceito acerca desses povos e sua milenar
sabedoria e cultura. Desde a colonização, os povos
indígenas têm sido explorados e excluídos ao longo da
história do Brasil.
O que podemos aprender com a sua rica cultura e
tradição? Como podemos contribuir para que os índios
se integrem na sociedade sem perder a sua
identidade? Muitas vezes a mídiaapresenta-os como
ingênuos e incapazes; povos condenados à
desintegração social. Porém, apesar do preconceito,
discriminação e exclusão de que são vítimas, existem
comunidades indígenas que têm mostrado o seu valor e
habilidade para conviver na sociedade de hoje, buscando resgatar e preservar
a sua história e cultura, sem perder o seu referencial. Um exemplo disso são as
várias comunidadesindígenas do Xingu, no Mato Grosso. “O Parque Indígena
do Xingu engloba, em sua porção sul, a área cultural conhecida como Alto
Xingu, integrada pelos Aweti, Kalapalo, Kamaiurá, Kuikuro, Matipu, Mehinako,
Nahukuá, Trumai, Wauja e Yawalapiti. A despeito de sua variedade lingüística,
esses povos caracterizam-se por uma grande similaridade no seu modo de
vida e visão de mundo. Estão...
tracking img