Energia nuclear

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2988 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FIGURAS DE LINGUAGEM
LITERATURA Professora: Vera Lopes
www.colegioweb.com.br › Português › Figuras de Linguagem (adaptado)

FIGURAS FONÉTICAS Chamam-se figuras de som (ou de harmonia) os efeitos produzidos na linguagem quando há repetição de sons ou, ainda, quando se procura "imitar" sons produzidos por coisas ou seres. As figuras de linguagem de harmonia ou de som são: a) aliteração b)paronomásia c) assonância d) onomatopéia

Aliteração: Ocorre aliteração quando há repetição da mesma consoante ou de consoantes similares, geralmente em posição inicial da palavra. Exemplo: "Toda gente homenageia Januária na janela." “Sonho que se sonha só / É só um sonho que se sonha só / Mas sonho que sonha junto é realidade... (Raul Seixas)

Assonância: Ocorre assonância quando há repetição damesma vogal ao longo de um verso ou poema. Exemplo: "Sou Ana, da cama da cana, fulana, bacana Sou Ana de Amsterdam."

Paronomásia: Ocorre paronomásia quando há reprodução de sons semelhantes em palavras de significados diferentes. Exemplo: "Berro pelo aterro pelo desterro berro por seu berro pelo seu erro quero que você ganhe que você me apanhe sou o seu bezerro gritando mamãe."

Onomatopéia:Ocorre quando uma palavra ou conjunto de palavras imita um ruído ou som. Exemplo: "O silêncio fresco despenca das árvores. Veio de longe, das planícies altas, Dos cerrados onde o guaxe passe rápido... Vvvvvvvv... passou."

Galinha d´Angola
(Vinícius de Moraes)

Coitada, coitadinha Da galinha-d'Angola Não anda ultimamente Regulando da bola Ela vende confusão E compra briga Gosta muito defofoca E adora intriga Fala tanto Que parece que engoliu uma matraca E vive reclamando Que está fraca Tou fraca! Tou fraca! Tou fraca! Tou fraca! Tou fraca!

Coitada, coitadinha Da galinha-d'Angola Não anda ultimamente Regulando da bola Come tanto Até ter dor de barriga Ela é uma bagunceira De uma figa Quando choca, cocoroca Come milho e come caca E vive reclamando Que está fraca Tou fraca! Toufraca! Tou fraca!

FIGURAS DE SINTAXE As figuras de sintaxe ou de construção dizem respeito a desvios em relação à concordância entre os termos da oração, sua ordem, possíveis repetições ou omissões. Elas podem ser construídas por: a) omissão: assíndeto, elipse e zeugma; b) repetição: anáfora, pleonasmo e polissíndeto; c) inversão: anástrofe, hipérbato, sínquise e hipálage; d) ruptura: anacoluto; e)concordância ideológica: silepse. Portanto, são figuras de linguagem de construção ou sintaxe: a) assíndeto b) anáfora c) anástrofe d) hipálage e) elipse i) zeugma f) pleonasmo j) polissíndeto g) hiperbato l) sínquise h) anacoluto m) silepse

Assíndeto: Ocorre assíndeto quando orações ou palavras deveriam vir ligadas por conjunções coordenativas, aparecem justapostas ou separadas por vírgulas.Exigem do leitor atenção maior no exame de cada fato, por exigência das pausas rítmicas (vírgulas). Exemplo: "Não nos movemos, as mãos é que se estenderam pouco a pouco, todas quatro, pegando-se, apertando-se, fundindo-se." (Machado de Assis)

Polissíndeto: Ocorre polissíndeto quando há repetição enfática de uma conjunção coordenativa mais vezes do que exige a norma gramatical ( geralmente aconjunção e). É um recurso que sugere movimentos ininterruptos ou vertiginosos. Exemplo: "Vão chegando as burguesinhas pobres, e as criadas das burguesinhas ricas e as mulheres do povo, e as lavadeiras da redondeza." (Manuel Bandeira)

EXEMPLO DE POLISSÍNDETO E ASSÍNDETO Atrás da Porta (Chico Buarque) Quando olhaste bem nos olhos meus E o teu olhar era de adeus, juro que não acreditei Eu teestranhei, me debrucei Sobre o teu corpo e duvidei E me arrastei, e te arranhei E me agarrei nos teus cabelos Nos teus pelos, teu pijama Nos teus pés, ao pé da cama Sem carinho, sem coberta No tapete atrás da porta Reclamei baixinho Dei prá maldizer o nosso lar Pra sujar teu nome, te humilhar E me vingar a qualquer preço Te adorando pelo avesso Pra mostrar que ainda sou tua Até provar que ainda sou...
tracking img