Empresas de empreendedorismo social ou privado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (334 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Introdução

Essa cartilha tem o objetivo de apresentar o passo a passo de como montar uma
ONG, da sua constituição, registro e estruturação. Antes, porém, um pouco de
história e conceitos parase familiarizarem com o terceiro setor e seus objetivos
sociais e coletivos.
Organizações não governamentais são muito mais do que pessoas unidas em prol
de uma causa. São organizações dispostas atransformar realidades, dar novas
oportunidades, mudar paisagens.
Por isso, os envolvidos precisam estar realmente engajados. Muitas vezes, basta
ser um voluntário. Outras vezes, um mobilizador derecursos, um presidente de
associação. Há tantos exemplos de pessoas e organizações que, com garra e
determinação, conseguem que outras atuem em busca dos mesmos objetivos e
conseguem resultadosespetaculares , que o número de pessoas interessadas em
criar e coordenar um movimento social tem aumentado gradativamente.
2. Terceiro Setor
Convencionou-se chamar de Terceiro Setor aquelasorganizações que não fazem
parte nem do setor privado (empresas), nem do setor público (governo). Essas
organizações, mesmo sendo de ordem privada, se diferem das outras por não
terem intenção de lucro,estando voltadas para a resolução de problemas sociais
que também caberiam ao governo. Mas, por não terem cunho político e, sim,
voluntário, voltado para o bem social, é que recebem a denominação deOrganizações Não Governamentais, as conhecidas ONGs.
No mundo, instituições como ONU (Organização das Nações Unidas) e OIT
(Organização Internacional do Trabalho) iniciaram o processo dereconhecimento
das ONGs, tornando o termo globalizado.
No Brasil, as ONGs começam a se destacar entre as décadas de 70 e 80, quando,
durante e ao término do período de ditadura militar, os problemas sociaistornam-se mais evidentes . Em resposta, surgem as ONGs que lutam pelos
direitos humanos, de organização popular e cidadania.
A partir do momento que o governo aceita que ele, sozinho, não é capaz...
tracking img