Empresa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2991 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE LOGISTICA



OS PRINCIPIOS BASICOS DE FORD, TAYLOR E FAYOL.




WAGNE JOSE FELIZARDO





ITAQUAQUECETUBA
2012
WAGNE JOSE FELIZARDO




OS PRINCIPIOS BASICOS DE FORD, TAYLOR E FAYOL.



Trabalho apresentado à disciplina Técnicas de planejamento, sob a orientação do Profº João Luiz Becegato, como requisito parcial paraobtenção de nota da referida disciplina.

ITAQUAQUECETUBA
2012

INDICE

Introdução4

Henri Ford5
Três aspectos suportam o sistema6
Os princípios básicos de Ford 6
Gênio do marketing7

Obra de Taylor8
Primeiro período de Taylor8
Segundo período de Taylor 9
Administração comociência10
Organização Racional do trabalho10

Henri Fayol12
As funções básicas da empresa12
Conceitos de administração13
Proporcionalidade das funções administrativas13
Diferença entre administração e organização14
Princípios gerais de administração para Fayol14

Conclusão17

Bibliografia19


INTRODUÇÃO
Essetrabalho irá abordar os seguintes assuntos os princípios básicos de Henry Ford (1863-1947), sua ideia de Popularizar um produto antes artesanal destinados aos milionários, ou seja, vender carros a preço populares, com assistência técnica garantida, evolucionando a estratégia comercial da época, a inovação na organização do trabalho. Também Frederick Winslow Taylor (1856-1915), fundador daadministração cientifica, os seus períodos que dividiam em dois, também irá abordar o assunto administração como ciência e organização racional do trabalho e finalmente Henri Fayol (1841-1925), o fundador da teoria clássica, esse trabalho comentará as funções básicas da empresa, conceitos da administração, sua proporcionalidade das funções administrativas, sua diferença entre administração e organização epor último, princípios gerais de administração para Fayol.

Segundo Idalberto Chiavenato Ford, Administração Cientifica p.(65,66)

Henry Ford
Henry Ford (1863 - 1947) Iniciou sua vida como mecânica. Projetou um modelo de carro e em 1899 fundou sua primeira fábrica de automóveis, que logo depois foi fechada. Sem desanimar, fundou em 1903, a Ford Motor Co. Sua ideia: Popularizar um produtoantes artesanal destinados aos milionários, ou seja, vender carros a preço populares, com assistência técnica garantida, revolucionando a estratégia comercial da época. Entre 1905 e 1910, Ford promoveu a grande inovação do século XX: a produção em massa. Embora não tenha inventado o automóvel nem mesmo a linha de montagem, Ford inovou a organização do trabalho: a produção de maior numera de produtosacabados com maior garantia de qualidade e pelo menor custo possível. Em 1913 já fabricava 800 carros por dia. Em 1914, repartiu com seus empregados uma parte do controle acionário da empresa. Estabeleceu um salário de cinco dólares por dia e uma jornada diária de oito horas, quando na época, a jornada variava entre dez e doze horas. Em 1026, já tinha 88 fabricas e empregava 150.000 pessoasfabricando 2.000.000 carros por ano. Usou um sistema de concentração vertical produzindo desde a matéria-prima inicial ao produto final acabado, além da concentração horizontal através de uma cadeia de distribuição por meios de agências próprias. A racionalização da produção proporcionou a linha de montagem que permitia a produção sem série. Na produção em série ou em massa, o produto pré-padronizado,bem como o maquinário, o material, mão-de-obra e o desenho do produto, o que proporciona um custo mínimo. Daí, a produção em grandes quantidades, cuja condição precedente é a capacidade de consuma em massa, seja real ou potencial, na outra ponta. A condição chave da produção em massa é a simplicidade.

Três aspectos suportam o sistema.
1. A progressão do produto através do processo...
tracking img