Empreendedorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2434 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI – UFSJ
Núcleo de Educação a Distância - NEAD/UFSJ
Especialização em Educação Empreendedora

ADMINISTRAÇÃO X EMPREENDEDORISMO

SÃO JOÃO DEL-REI
2011

ADMINISTRAÇÃO X EMPREENDEDORISMO

Projeto apresentado ao curso de Educação Empreendedora como um dos pré-requisitos para a obtenção do título de especialista emEducação Empreendedora.

Orientador

SÃO JOÃO DEL-REI
2011

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 4
2. JUSTIFICATIVA 5
3. METODOLOGIA 8
4. ADMINISTRADOR 9
5. ADMINISTRADOR X EMPREENDEDOR 10
6. CONCLUSÃO 12
7. REFERÊNCIAS 13

1. INTRODUÇÃO

O termo empreendedorismo se popularizou há pouco mais de uma década, e junto com essa novidade surgiu à confusão entre o que é serum empreendedor e um administrador. Sabe-se que ambos têm papel fundamental no processo de organização e dos negócios, tendo cada qual seu devido valor, porém notasse a necessidade de se mostrar as suas respectivas definições e características de atuação como profissionais, para deste modo traçar as similaridades e diferenças existentes entre eles, a fim de destacar a contribuição de ambos para asociedade. O administrador possui uma visão abrangente da organização, ele é orientado para planejar e controlar sabe analisar e resolver situações problemáticas variadas, enquanto que o empreendedor é mais focado nas oportunidades de mercado, na inovação, na criatividade, ele identifica algo prático e transforma em oportunidade através de meios, dados e informação, ele vive o presente pensando nofuturo. Mas afinal, qual desses profissionais possui uma maior relevância para a sociedade?

2. JUSTIFICATIVA

Uma das grandes diferenças entre o empreendedor e as pessoas que trabalham em organizações é que o empreendedor define o objetivo que vai determinar seu próprio futuro (Filion, 1999). Ou seja, apesar das similaridades nas funções empreendedoras e administradoras, conceituadas desde aabordagem clássica pelos atos de planejar, organizar, prever, controlar e comandar existe o diferencial visionário característico dos empreendedores. Por essa característica, o empreendedor direciona as atividades para o aspecto estratégico das organizações, enquanto o administrador limita e coordena as atividades diárias. Segundo Dornelas (2001), "As diferenças entre os domínios empreendedor eadministrativo podem ser comparadas em cinco dimensões distintas de negócios: orientação estratégia, analise das oportunidades, comprometimento dos recursos, controle dos recursos e estrutura gerencial". O ensino da administração por muito tempo proporcionou a formação de profissionais prontos e acabados para o atendimento das demandas de mão de obra qualificada, que pudesse fazer frente aodesenvolvimento industrial do país. Ao longo dos anos, o modelo de ensino tecnicista, estritamente voltado para a formação de profissionais, com profundo conhecimento técnico, prevaleceu nos projetos pedagógicos das instituições formadoras, garantindo assim, a ocupação, pelos profissionais recém formados,  dos postos de trabalho então oferecidos. O fenômeno da globalização, a reestruturação produtiva, areordenação econômica mundial e as mudanças em torno das concepções de trabalho e emprego, entretanto, passaram a exigir das instituições de ensino superior, constante readequação de seus projetos pedagógicos, visando formar profissionais para as novas demandas e necessidades requeridas pela sociedade e pelo mercado de trabalho, implicando em novas competências e habilidades. Os novos modelos deformação baseados em habilidades e competências, deixam de lado a capacitação centrada na super especialização, e passam a privilegiar a formação generalista, de múltiplas habilidades e constante adaptabilidade às mudanças. Em se tratando de ensino superior, há que se considerar que uma formação meramente tecnicista, de certa forma aniquila os ideais acadêmicos de produção do conhecimento e...
tracking img