Eletroquimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3240 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Física e Química

* Electroquímica
* Electrólise

Índice

Índice 1
Introdução 3
1. Células electroquímicas 4
1.1 Perspectiva Histórica 4
1.2 Constituição de uma pilha 5
1.3 Reacção de eléctrodo e representação esquemática do elemento da pilha 6
1.4. Eléctrodo padrão de Hidrogénio 7
1.5. Potencial padrão de eléctrodo 7
1.6. Força electromotriz de um elemento de pilha8
1.7. Tabela de potenciais padrão de eléctrodo 9
1.8. Células de combustíveis 10
1.9. Corrosão e sua prevenção 10
2. Electrólise 11
2.1. Reacções de oxidação – redução provocadas por uma corrente eléctrica 11
2.2. Electrólise de sais em fusão 12
2.3. Electrólise de soluções aquosas 14
2.4. Aplicações industriais da electrólise 15
2.5. Lei de Faraday para a electrólise 16Conclusão 17
Bibliografia 18

Introdução

No âmbito da disciplina de Física e Química foi-me proposto a realização de um trabalho para o modulo sete sobre “Electroquímica”.
Aqui abordarei vários sub-temas acerca da electroquímica, tais como, potencial padrão de eléctrodo, Células de combustível, Corrosão e sua prevenção, entre outros.
Irei falar também sobre alguns temas da“Electrólise”, assim sendo falarei sobre, electrólise de soluções aquosas, electrólise de sais em fusão, entre outros.

1. Células electroquímicas

Uma célula electroquímica é um dispositivo que permite a conversão de energia química e energia eléctrica através de reacções oxidação - redução que ocorrem na interface eléctrodo/solução. As reacções redox que ocorrem são espontâneas.
1.1 PerspectivaHistórica
A história da Electricidade passa pelo trabalho realizado por Alessandro Volta, descreve a sua pilha eléctrica. Esta descoberta foi determinante para o desenvolvimento científico e tecnológico do século XIX.
No seu relatório, Volta descreve as sensações que sentia quando tocava simultaneamente com os dedos húmidos nos terminais da pilha. Em algumas das experiências que realizou, mergulhava asmãos em dois recipientes que continham soluções de um sal, os quais eram ligados aos terminais da pilha através de uma fita de cobre, deste modo sentia com maior intensidade o choque eléctrico.
Em condições normais, uma reacção redox, ocorre quando há contacto entre o agente oxidante e o agente redutor. Contudo, esta reacção pode igualmente ocorrer "à distância", estabelecendo-se o contactoatravés de um fio condutor. Um dispositivo desse tipo designa-se por célula galvânica ou célula electroquímica. Uma célula galvânica é um dispositivo que permite a conversão de energia química em energia eléctrica através de uma reacção redox espontânea que ocorre numa interface eléctrodo/solução.
Este tipo de gerador (pilha de Volta) é denominado de pilha primária, para o distinguir da pilhasecundária ou acumulador. Trata-se de um tipo de gerador electroquímico que permite produzir corrente contínua, como a pilha primária, mas também a operação inversa, ou seja, ser recarregado, o que se torna numa evidente vantagem.
Galvani, a partir de estudos, realizados em coxas de rã descobriu que músculos e células nervosas eram capazes de produzir electricidade, que ficou conhecida como então como aelectricidade galvânica. Mais tarde, demonstrou que ela é originária de reacções químicas.
A pilha de Daniell (também chamada de célula de Daniell) é uma pilha constituída de eléctrodos de cobre e zinco interligados e respectivamente imersos em solução de Cu2+ e Zn2+. Foi inventada pelo britânico John Frederic Daniell.

1.2 Constituição de uma pilha

A parte externa (capa) da pilha éconstruída em zinco, e é frequentemente coberta com papel ou plástico para evitar o derrame. No interior da pilha, em vez de outro metal como Volta utilizava, há um bastão de carbono (grafite). O recipiente é cheio de uma pasta húmida, constituída por alguns sais e óxido de manganês. A placa de zinco e o óxido de manganês presente na pasta húmida interagem, na presença dos sais e do carbono,...
tracking img