Eficiencia energetica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5611 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Brasília, agosto de 2009

eficiência energética na indústria:
o que foi feito no Brasil, oportunidades de redução de custos e experiência internacional

Apresentação
A Confederação Nacional da Indústria e a ELETROBRÁS, por meio do PROCEL Indústria – Programa de Conservação de Energia Elétrica desenvolvem estreita cooperação, desde 2004, com o objetivo de aumentar o dinamismo das ações deeficiência energética no setor industrial. Como fruto dessa cooperação foi elaborado um diagnóstico detalhado das principais oportunidades e prioridades para o desenvolvimento do mercado de eficiência energética industrial. Para alcançar esse objetivo foram desenvolvidos os seguintes trabalhos: 1. Experiência nacional em eficiência energética industrial: casos de sucessos no Brasil registrados nosúltimos 10 anos, análise de prioridades de investimentos de programas e fundos de investimentos governamentais; 2. Principais oportunidades de economia de energia em setores selecionados: oportunidades de eficiência nos principais usos industriais de energia e barreiras que precisam ser vencidas; 3. Experiência internacional: levantamento de práticas de eficiência energética industrial bem sucedidasem diversos países.

Principais conclusões dos estudos desenvolvidos:
1. A indústria não é prioridade nos programas governamentais de eficiência energética apesar de ser o maior consumidor de energia. O setor industrial responde por 40,7% de toda energia consumida no Brasil (BEN, 2008). No entanto, não existe uma política governamental de longo prazo específica para o uso eficiente da energiana indústria. Isso se reflete na baixa prioridade dos programas federais de eficiência energética, nos investimentos de fundos setoriais de eficiência energética e nas condições de financiamento. Os setores residencial, comercial e público, que têm recebido maior prioridade nas políticas governamentais, respondem apenas por 15,8% do total do consumo de energia no País. 2. A economia de energia emações de eficiência energética no setor industrial gera benefícios para toda a sociedade. Na análise de 217 projetos de eficiência energética de 13 setores industriais, o custo médio do MWh economizado foi de R$ 79/MWh. Considerando o custo marginal de expansão do sistema de energia elétrica estimado pela EPE1 em R$ 138/MWh no Plano Decenal 2007/2016, a diferença entre estes dois valores é oganho médio dos projetos. A economia obtida possibilita ao governo e ao empresário direcionar recursos para outras prioridades. Ações de eficiência energética agregam importantes ganhos sociais, ambientais e de competitividade. 3. O foco de atuação das iniciativas governamentais de eficiência energética industrial precisa ser ajustado. Levantamento realizado em 13 setores industriais apontou que 82%das oportunidades de economia de energia na indústria estão nos processos térmicos. Entretanto, as iniciativas governamentais de eficiência energética focam no consumo de eletricidade. O ajuste no foco dos principais programas e fundos de investimento em eficiência energética do governo levaria a melhores resultados. 4. Setores industriais intensivos em consumo de energia de países concorrentes doBrasil recebem apoio de seus governos para desenvolver projetos de eficiência energética. O trabalho analisou 63 programas de 13 países, mais a União Européia. Verificou-se a existência de apoio direto às ações de eficiência energética industrial como renúncia fiscal, condições especiais de financiamento, treinamento e disponibilização de informações técnicas de qualidade. 5. O momento é propíciopara maior dinamismo nas ações de eficiência energética no setor industrial. As iniciativas nacionais para ações de eficiência energética industrial ainda são muito tímidas. Contudo, a existência de metas de eficiência energética no Plano Nacional de Energia 2030 e a iniciativa do Ministério de Minas e Energia em desenvolver uma estratégia nacional de eficiência energética confirmam que esse é...
tracking img