Propanganda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3761 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Como fazer uma campanha publicitária 
Existem diferentes caminhos para se fazer uma campanha:
|Problema/Solução |  |Apresentador | |Esporte |
|Demonstração | |Testemunho | |Sex-Appeal |
|Estimulação | |Os Sósias | |Humor ||Informação | |Cena da Vida Real | |Música |
|Comparação | |Emoção | |Combinação de Caminhos |
|Analogia | |Nostalgia | | |
|Símbolo Visual | |Ecologia | | |

 Problema/Solução:

      É um dilema tão antigo como a própria propaganda e continua presente naqueles casos onde realmente existe um problema e onde o produto que a empresa elabora (oferece) uma boa solução. Primeiro, levanta-se o problema, de modo que o espectador possa familiarizar-se facilmente com ele, e depois se mostra a forma de resolvê-lo, utilizando o produto em questão que foiconcebido para isto.

Demonstração:

      É ideal quando o produto supera em eficácia o dos concorrentes e, também, quando é capaz de maravilhar o espectador; às vezes, é a criatividade promocional que converte em surpreendentes as características do produto. Uma demonstração não pode ser aborrecida, visto que pode ser imaginativa, espetacular ou profunda.

Estimulação:

      Esse é o caminhopraticamente obrigatório para os produtos alimentícios e as bebidas. Consiste em mostrar o produto, bem em primeiro plano, sublimado, de modo que o espectador sinta "água na boca". O movimento, se possível, também excita, como por exemplo o chocolate quente sendo derramado sobre o sorvete, ou as gotinhas d’água correndo pela garrafa de um refrigerante bem gelado. O som também é um estímulo ideal:o tilintar dos blocos de gelo caindo no copo e, depois, o líquido chocando-se neles aumenta substancialmente a eficácia do anúncio da bebida.

Informação:

        Quando o produto possui uma grande dose de criatividade, reforçar a mensagem é uma redundância. Por exemplo: se um fabricante de automóveis inventasse um novo modelo que funcionasse com água em vez de gasolina, bastaria informarseriamente sobre isto – com toda a dose de credibilidade que as notícias podem ter – para que o público alvo se interessasse imediatamente por ele.
        O publicitário inglês David Abbot afirma: "surpreenda o consumidor somente uma vez para captar sua atenção". Depois, venda-lhe o produto dando-lhe toda informação necessária". Se o produto constitui por si mesmo uma surpresa, é melhor nãoaumentar a capacidade de assombro na mensagem publicitária. Informar que o seu produto é o número um do mercado, ou seja, o preferido pela maioria dos consumidores, funciona bem em certas ocasiões. Ninguém gosta de apostar em perdedor.
        Há campanhas informativas que, além de explicar a serventia do produto mostram também as situações em que ele não é indicado. Tais campanhas gozam de grandecredibilidade.

Comparação:

      O ser humano, como animal racional e impulsivo, passa boa parte de sua vida tomando decisões, isto é, realizando uma série de comparações sucessivas em sua mente. Por isso, a comparação como caminho criativo, quando oferece elementos de contrastes válidos, facilita a decisão dos compradores. A comparação não exige que se mencionem expressamente as marcas daconcorrência com as quais se disputa o mercado. Não interessa mencioná-las para dar-lhes publicidade.
      Mencionar os dados do seu produto para cortejá-los com os dos concorrentes, exige uma objetividade, uma serenidade e uma ética fora de toda dúvida. Mas este caminho não se encerra com a comparação entre produtos ou marcas competidoras. A comparação pode envolver outras áreas e dar-se até entre...
tracking img