Educacao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6405 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1- INTRODUÇÃO

O presente projeto procura mostrar os prós e contras da ampliação do ensino fundamental de nove anos. Iniciamos com um estudo das leis que regulamentam a implantação da lei do ensino de nove anos.
A ampliação do ensino de nove anos tem implicações, que não podem ser subestimadas, em vários aspectos: proposta pedagógica, currículo, organização dos aspectos físicos, materiaisdidáticos e aspectos financeiros.
Nossos meros estudos apontam que muitas escolas tanto do segmento privado quanto do público não estão preparados para receber os alunos com seis anos, a equipe não está capacitada e os alunos são imaturos para tal mudança.
O ensino fundamental ampliado trouxe para nós vários avanços e desafios. Para educarmos os alunos nos primeiros anos do ensino fundamentalrequer uma visão e preparação de educadores que compreendam o mundo da escola como uma alavanca para ajudar nossos alunos a se desenvolver melhor.
Nosso trabalho está organizado da seguinte forma: Primeiro discorremos sobre os aspectos legais da implantação onde nos deparamos com a aprovação da lei 11.274 em fevereiro de 2006 que muda a duração do ensino fundamental de oito anos para nove anos.
Nosegundo momento discorremos sobre os aspectos teoricos, onde nos apoiamos na teoria de Piaget, Wallon e Vygotsky.
No terceiro momento realizamos entrevistas com profissionais da área, onde podemos observar tal ampliação.
1.1 SITUAÇÃO-PROBLEMA

O ensino fundamental passa hoje por uma importante reestruturação, a saber, sua ampliação para nove anos. Voltamos o nosso olhar para o início doprimeiro ano, por isso indagamos:
 Como os professores da educação veêm essa mudança?
 Como o material didático foi reorganizado?
 Como ocorre a imersão de uma criança de apenas 6 anos no fundamental I?



























1.2 HIPÓTESES

A ampliação do ensino para nove anos, pressupomos, que precisa ser olhada com um pouco mais de atenção, acreditamos quetanto os educadores e a comunidade escolar não compreenderam o objetivo maior dessa ampliação.
Entendemos que as crianças precisam de ambientes desafiadores não só na alfabetização, mas em todas as áreas de conhecimento.



























1.3 OBJETIVO GERAL

Demostrar que ampliação do ensino fundamental de nove anos foi implantada, porém há muitas dúvidasem relação à sua estrutura, ocorrendo assim um mau funcionamento em relação ao ensino.





























1.4 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nos colocamos em caráter de pesquisa investigar:
 Quais as principais dificuldades encontradas pelo professor em relação a alfabetização das crianças no primeiro ano do ensino fundamental?
 Se os materiais didáticosutilizados no primeiro ano do ensino fundamental estão de acordo com o currículo escolar.



























1.5 CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA

O campo de pesquisa foi na escola municipal EMEF. Professor Osvaldo Quirino Simões, localizada à Rua Camilo Pessanha, nº 10, na zona norte, bairro Vila Dionísia da Cidade de São Paulo, que atende a classe baixa e praticamenteda periferia em seu entorno. A escola completou quarenta anos em fevereiro deste ano, e hoje atende um público de aproximadamente 1.000 alunos entre eles de ensino fundamental I, fundamental II e programa de educação de jovens e adultos; sendo 2ºs, e 4ºs anos do fundamental I, 6ºs e 8ºs anos do fundamental II de manhã, e 1ºs, 3ºs anos do fundamental I, 5ºs e 7ºs anos do fundamental II à tarde, ePrograma EJA – Educação de Jovens e Adultos à noite.
A escola já está com o ensino de nove anos implantado, e possui um corpo docente pronto para atender o novo currículo.

INFRA – ESTRUTURA:

16 salas de aula amplas e bem iluminadas
1 Playground
1 Biblioteca
1 Sala de informática
1 Sala de leitura
1 Sala de reunião
1 sala de diretoria
1 sala de coordenação
1 sala de auxiliar de...
tracking img