Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1880 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ECONOMIA BRASILEIRA/PEQUENO RESUMO DAS AULAS 1 A 5
PROF. ANTONIO ELDER

Prezados alunos, vimos que no decorrer de aproximadamente quatrocentos anos, a economia do Brasil teve sua gestão organizada para os interesses do mercado externo, cujos produtos que formavam a renda do nosso país estavam vinculados à produção e exportação de mercadorias que geravam maior nível de rendimento. Nestesentido, muitas vezes, a organização da economia vinculava-se a um contexto de ciclos econômicos, cabendo destacar que foram três os grandes ciclos que marcaram profundamente a vida econômica do Brasil sucessivamente, isto é, o ciclo do açúcar, do ouro e o ciclo do café. Sendo que a economia brasileira teve os ciclos menores do algodão, da borracha e do cacau, além do extrativismo inicial do pau-brasil.E os subciclos do gado e do fumo tiveram função complementar, como auxiliares dos ciclos principais.

Interessante notar que as mais significativas mudanças no plano econômico começaram a ocorrer em duas direções, sendo uma delas em função do esgotamento da produção de bens primários (dentre eles, e principalmente, o café) e da “intensificação” do processo de industrialização a partir daPrimeira Guerra Mundial (1914-1918); sendo que bloqueio econômico no Atlântico dificultou as exportações e as importações brasileiras.

Devido ao bloqueio econômico no Atlântico, os prejuízos internos subiram, e a demanda do mercado interno impulsionou um surto próprio de industrialização no país. Ao mesmo tempo, como a exportação também estava dificultada, operou-se relativa transferência de recursosfinanceiros do setor agroexportador para o setor urbano-industrial. Não podemos esquecer que a crise do café comprovava definitivamente a vulnerabilidade e a inviabilidade da monocultura exportadora como sustentáculo da economia brasileira. E a indústria era tida como o setor preferido e defendido pelos que desejavam a modernização do país, retirando-o do atraso colonial em que ainda seencontrava o país.
Na década de 20, o incipiente avanço da indústria ocorrera por ação da iniciativa privada e impulsionado pelas circunstâncias favoráveis da conjuntura histórica, sem participação das autoridades governamentais, e mesmo à revelia delas, pois participavam dos interesses dos grandes latifundiários do café. Já a partir de 1930, as forças que assumiram o poder revelaram certa sensibilidadeem relação ao momento histórico e às transformações em curso na sociedade e na economia brasileira. Tentaram implementar um projeto de industrialização do País, com o objetivo de retirá-lo do atraso e impulsioná-lo rumo ao progresso e à construção de sua grandeza. Na visão dos novos detentores do poder central, a industrialização era tida como chave para o desenvolvimento. Neste sentido, em 1930, ogoverno brasileiro (de Vargas) assumiria uma posição abertamente favorável a um projeto de industrialização, por meio de uma indústria substitutiva de importações.

Da Crise de 1930 até o Plano de Metas de J.K., a ação do Estado no PSI teve em Vargas, uma industrialização acentuadamente fechada, com pequena participação no mercado internacional, até certo ponto sem o desafio de precisarmodernizar-se continuamente para enfrentar a concorrência do exterior, desestimulando as exportações de produtos de maior valor agregado. Em relação aos mecanismos de defesa do café, que foram utilizados durante a Grande Depressão no primeiro governo de Getúlio Vargas, O governo comprou o excedente do café utilizando o instrumento de preço mínimo; estocou o café e acabou por queimá-lo ao longo dos anosde 1930 a 1940; e utilizou uma política fiscal, financiando a compra do excedente do café feita pelo Governo Vargas em parte pelos impostos.

Cabe destacar que o conceito de substituição de importações, além de significar o início da produção interna de um bem antes importado, denotava também uma mudança qualitativa na pauta de importações do país, pois conforme aumentava a produção interna de...
tracking img