Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3843 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

A palavra economia significa a administração de uma casa, ou do Estado. Pode ser classificado como a ciência, que estuda como o indivíduo e a sociedade decidem empregar recursos produtivos escassos, na produção de bens e serviços. Em toda sociedade os recursos produtivos e os fatores de produção (mão de obra, matérias – primas, terras dentre outros) são limitados. Já as necessidadeshumanas são ilimitadas, por força do próprio crescimento populacional. Independente do desenvolvimento do país, nenhum deles dispõe de todos os recursos necessários para suprir todas as necessidades da coletividade. A sociedade tem de tomar decisões sobre melhor utilização de seus recursos, de forma a atender ao Maximo das necessidades humanas. Da escassez de recursos ou fatores de produçãosurdem os chamados problemas econômicos fundamentais: O que e quando produzir?Como produzir? Para quem produzir?
Existem muitos fatores quem influenciam na economia de um país. A aceleração do crescimento econômico no Brasil tem trazido muitos benefícios: o controle da inflação, a ampliação do crédito, a elevação da renda, o aumento real do salário mínimo e a expansão dos programas sociais. A novaclasse C tem se tornado a maior consumidora do país, e continuará crescendo nos próximos anos. A classe C tem se tornado a menina dos olhos de empresários de todos os ramos. Um dos maiores bens desejados pela classe C é a conquista do automóvel zero. Como aumento da renda e com a facilidade de créditos, e com todo incentivo do governo reduzindo impostos nos últimos anos esse sonho tem se tornadorealidade.










Etapa 1

Pesquisa: Venda de automóveis
A expansão do crédito, evolução da renda, e a estabilidade macroeconômica são alguns dos fatores que impulsionam o mercado brasileiro. Com o crescimento da economia surge também uma nova classe C que continuará em crescimento nos próximos anos. Faz parte de uma categoria predominante com mais de 100 milhões de pessoas, a novaclasse C se tornou a menina dos olhos de empresas de todos os ramos e portes.
O carro zero tem sido um dos objetivos de consumo da classe C, que já é quase a metade da população. Os fabricantes estão investindo em modelos que agradam quem busca qualidade e preço.
Com o crescimento da economia em alta, o governo tem reduzido as taxas de impostos para produção de industrializados principalmente, oIPI (Imposto sobre produtos industrializados.) essa redução alavancou as vendas de automóveis em todo o país; e também causou um crescimento nas vendas da Região Metropolitana de Campinas (RMC).
O mercado na região de Campinas continua aquecido, o setor automotivo apresentou no primeiro trimestre desse ano um crescimento de 1,89% no volume comercializado de veículos nas 19 cidades da RMC.
Dadosda Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabreve) revelam que alguns municípios apresentaram quedas, mais em outras cidades mantiveram o mercado bastante aquecido, é o caso da cidade de Hortolândia, que totalizou o maior crescimento de toda a RMC.
A venda de veículos zero - quilometro na Região Metropolitana de Campinas (RMC) subiu 2,2% no primeiro quadrimestre do ano, secomparado à do mesmo período de 2011. Segundo a Fenabreve, 21.054 automóveis foram comercializados na região de janeiro a abril deste ano, enquanto no ano passado esse número foi de 20.599.
A soma da venda de todos os segmentos envolvendo carro, moto, ônibus, comercial leve e caminhão se manteve estável na RMC.
Com as medidas anunciadas pelo governo, com redução do Imposto sobre ProdutosIndustrializados (IPI) de carros populares, do imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e do deposito compulsório, os consumidores encontrarão mais facilidades para comprar e financiar um veículo, e assim o setor deve manter-se aquecido.
Para o diretor de Vendas e Marketing da rede de concessionária Germânica, Gustavo Azambuja, o corte do IPI gerou uma redução do preço final do veiculo na ordem de...
tracking img