Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3718 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Economia Brasileira
Aula 6

República Velha

Proclamação da República – Benedito Calixto

Cursos de Graduação em Administração e Ciências Contábeis FCSA – Cesmac Prof.Dr. Livio Lavagetti 2012

Brasil na 2ª metade do século XIX:
• Nordeste: algodão e açúcar perdem importância relativa nas exportações; predominância perene da estrutura colonial de produção; processo de assalariamentolento; • Sudeste: desenvolvimento; introdução mais rápida das relações capitalistas de produção, principalmente pelo assalariamento e criação de relações mercantis; • Classe dominante: oligarquias agrárias, em duas frações, uma ascendente, ligada à exportação do café (sudeste), outra (açúcar e algodão) perde espaço na exportação (zonas de exploração antigas no norte/nordeste); • Classe Média ligadaao surgimento de um mercado interno no Brasil (comércio externo e interno, funcionalismo público, profissões liberais, militares, religiosos, acadêmicos); • Classe trabalhadora: escravos, servos, colonos, trabalhadores livres, artesãos, empregados e operários; • Aparelho de Estado e Monarquia: dominado pela classe dominante, base eleitoral na renda (só votava quem tinha renda comprovada); • GuardaNacional: ligados à classe senhorial (os “coronéis” podiam ter milícias próprias); • Exército: predominantemente de classe média (carreira dos desafortunados, Prof. Livio Lavagetti dos que não podiam pagar os estudos);

República
Reformas:
• • • • • Aparelho de Estado antiquado, Fim do poder moderador( exercido pelo Imperador), Fim da vitaliciedade do Senado, Fim do direito ao voto por renda,Fim dos governadores nomeados;

Ascensão de ideais de classe média, representada pelos militares;
Esforço de adaptação das condições internas às condições externas:
• Superação da produção semicolonial e escravagista; • Papel de fornecedor de matérias primas e importador de produtos industrializados para o mercado interno de assalariados, pelo capitalismo imperialista;

Maior poder eautonomia aos Estados;
Prof. Livio Lavagetti

República Velha, 1889-1930

Governos Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto
• Governos autoritários, mas permitiam aspirações industrialistas; • 1º Ministro da Fazenda: Rui Barbosa. Episódio do Encilhamento (crédito inflacionário), impostos protecionistas, posterior queda;

Governo Prudente de Morais a Governo Washington Luis
• Predominânciapolítica das oligarquias agrárias e liberalismo; • Política do “Café com Leite”: alternância de presidentes de São Paulo e Minas Gerais no poder; • Fatores favoráveis à produção industrial interna no inicio século XX: crise de superprodução do café (1907) e 1ª Guerra Mundial (1914-1918);
Prof. Livio Lavagetti

“A inserção do país nos grandes marcos do sistema capitalista se deu de modo subordinado. ARevolução Industrial Inglesa, deflagrada em meados do século XVIII, levou século e meio para aqui começar a definir uma industrialização por uma linha de continuidade, a qual aconteceu graças aos contextos de crises mundiais que interromperam os fluxos econômicos centro-periferia: duas guerras mundiais (1914-1918 e 1939-1945) e a grande Depressão da década de 1930.” “O caráter dependente esubordinado pelo qual a estrutura econômica agroexportadora, herdada do período colonial, manteve-se ao longo do século XIX e inicio do XX, nos limites estabelecidos pelo binômio países industrializados– países fornecedores de matérias-primas. Com o eixo dinâmico de sua economia centrado nas exportações agrícolas, o crescimento do seu mercado interno ficou em plano secundário ao longo de todo o séculoXIX.” “Isso se refletiu na constituição de um sistema bancário concentrado em poucas cidades, e em um sistema monetário oscilante entre a utilização de diversos instrumentos monetários e os períodos de convergência com o padrão monetário mundial estabelecido pelo padrão-ouro, como na Reforma Monetária de 1846. Assim, um dos problemas recorrentes no mercado interno foi a falta de liquidez...
tracking img