Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1735 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo: A doutrina econômica mercantilista foi adotada pela maioria das monarquias européias a fim de estimular o desenvolvimento da economia e dos reinos. A distribuição do comércio Internacional era feito por mercadores era realizado d forma unilateral e agressiva. É objeto de estudo deste artigo fazer uma comparação entre o comércio e as demais práticas mercantilistas com a teoria do ComércioInternacional. Para isto o artigo foi dividido da seguinte forma: 1. Introdução, 2. Idéias Mercantilistas, 3. Teoria do Comércio Internacional e 4. Conclusão.
Palavras-chave: Mercantilismo, Teoria do Comércio Internacional e Intervenção do Estado.
1.INTRODUÇÃO:
A forma de pensamento mercantilista vigorou no período de1450 a 1750 sendofruto de várias transformações tanto no âmbito intelectual,religioso, político, geográfico e econômico. Na Espanha e Portugal, observou-se a proibição de saída de metais preciosos e da entrada de mercadorias estrangeiras. Na França, o Colbertismo buscou o intervencionismo na indústria e o protecionismo alfandegário,para desenvolver a industrialização interna, exportar mais e reduzir as importações ao mínimo possível. Na Inglaterra, o comércio e a navegaçãoapareceram com as principais fontes de riqueza nacional.
A concepção metalista caracterizou o mercantilismo em suas várias formas- bulionista, industrialista, comercialistas, fiduciária e colonial. O bulionismo corresponde à fase inicial do mercantilismo, onde a Europa não possuía dinheiro suficiente para atender o volume crescente do comércio.
Após a época bullionista, à vontade dosmercantilistas de maximizar o ouro ea prata dentro de um país assumiu a forma de tentativas dos governos para conseguir um saldo favorável na balança comercial, quer dizer ter mais dinheiro entrando no país do que dele saindo. (Hunt, 1981)
Foi dada uma especial proteção das principais indústrias exportadoras da Inglaterra contra os concorrentes estrangeiros que tentassem entrar nos mercados internos dasindústrias exportadoras. Somada às restrições do comércio exterior, havia também restrições da produção interna. Outra característica do mercantilismo era que o Estado intervia na economia, seja no controle da produção e na qualidade dos produtos produzidos, seja no treinamento dos trabalhadores da indústria e regulamentação dos salários.
Será feito neste artigo uma comparação entre as práticasmercantilistas no que se refere ao comércio internacional e a Teoria do Comércio Internacional, procurando assimdemonstrar as falhas que caracterizam a forma de pensamento mercantilista.
2.IDÉIAS MERCANTILISTAS
Durante os séculos XV e XVII a Europa passou por uma série de transformações políticas, intelectual, religiosa e geográfica. No que se refere à transformação política, o século XVI viusurgir o Estado Moderno que coordena todas as diferenças forças ativas da nação. Já a transformação intelectual, refere-se a Renascença tanto no âmbito da arte, literatura e ciência. No cenário religioso, assisti-se a Reforma Protestante. As transformações geográficas, por sua vez, são marcadas pela expansão marítima, dando origem a um grande fluxo de metais preciosos.
É neste cenário que nasce omercantilismo:conjunto de idéias e práticas econômicas que perdurou durante três séculos em toda Europa. A idéia metalista era uma delas. Para os mercantilistas, o ouro ea prata, era o mais perfeito instrumento de aquisição da riqueza. Ou em outras palavras, o ouro ea prata são para a nação, as formas eminente da riqueza. Essa manifestação do pensamento mercantilista coincide com a descoberta e aexploração das minas de ouro na América, tendo seu nascimento na Espanha. Para Acumular o máximo de ouro e prata, a Espanha toma uma série de medidas intervencionistas, para impedir que o metal precioso saia do país. Os mercantilistas compreenderam também a importância das trocas entre nações: o comércio internacional. Surte a noção de "balança de comércio" que vai assim, aos poucos substituir a de...
tracking img