Economia internacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2881 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário

1. Economia internacional03
2.2. Sete temas são recorrentes no estudo da economia internacional03
2.3. Ganhos do comércio03
2.4. Padrão de comércio. 03
2.5. Balanço de pagamentos04
2.6. Protecionismo04
2. Taxa de cambio06
3. Política externa10
3.1. Termos de troca11
4. Referências bibliográficas12



03
1. EconomiaInternacional

O comércio internacional se constitui no intercâmbio de bens, serviços e capitais entre os diversos países. Muitos teóricos em economia tentaram explicar as razões que levam os países a comercializarem entre si. A diversidade de condições de produção, a possibilidade de redução de custos, a obtenção de economias de escala na produção de certos bens vendidos no mercadointernacional foram algumas das explicações sugeridas pelos economistas ao longo dos anos.

2.2. Sete temas são recorrentes no estudo da Economia Internacional

* Os ganhos do comércio;
* O padrão de comércio;
* O protecionismo;
* O balanço de pagamentos;
* A determinação da taxa cambial;
* A coordenação das políticas internacionais;
* O mercado de capitaisinternacionais;

2.3. Ganhos do Comércio

A variedade de circunstâncias sob as quais o comércio internacional é benéfico é muito maior do que a maioria das pessoas reconhece. O comércio proporciona benefícios, permitindo que os países exportem produtos cuja produção faça uso relativamente intenso de recursos que são abundantes localmente, enquanto importa produtos cuja produção faça uso intenso derecursos que são escassos localmente.

2.4. Padrão de Comércio

Os economistas não podem discutir os efeitos do comércio internacional ou recomendar mudanças nas políticas governamentais relacionadas ao comércio com confiança, a não ser que saiba que sua teoria é boa o suficiente para explicar o comércio internacional realmente observado.
04
As tentativas de explicar os padrões decomércio internacional – quem vende o quê para quem – tem sido a principal preocupação dos economistas especializados em economia internacional.

2.5. Balanço de pagamentos

Para entender números como o déficit comercial, é essencial colocá-los no contexto mais amplo de todas as transações internacionais de um país.
O registro das transações de um país com o resto do mundo é denominadobalanço de pagamentos.
A explicação do balanço de pagamentos e o diagnóstico do seu significado é o tema principal da economia internacional.

2.6. Protecionismo

Se a idéia de ganhos do comércio é o conceito teórico mais importante na economia internacional, a batalha aparentemente eterna entre comércio livre e proteção é o seu tema importante em relação à política econômica.
Desde osurgimento das nações-estados modernas no século XVI, os governos tem se preocupado com os efeitos da concorrência internacional sobre a prosperidade das indústrias nacionais, e tem tentado protegê-las da concorrência internacional impondo limites às importações ou auxiliando-as na concorrência mundial por meio dos subsídios às exportações.
A missão comum mais consistente da economia internacionaltem sido analisar os efeitos dessas chamadas políticas protecionistas, mas não, criticar o protecionismo e mostrar as vantagens do comércio internacional mais livre.
Desde a II Guerra Mundial, os Estados Unidos tem defendido o livre comércio na economia mundial, considerando o comércio internacional a força não apenas para a prosperidade, mas também para a paz mundial.
Fundamentalmente, ocomércio internacional surge pela impossibilidade de os países produzirem todos os bens de que necessitam, porque os países não dispõem de matérias-primas necessárias à sua produção, ou não dispõem de tecnologia e conhecimento suficiente para produzir determinados bens.

05
Muitas vezes, as diferenças entre capacidades tecnológicas e disponibilidade de recursos produtivos justificam o intercâmbio...
tracking img