Economia internacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1703 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Questão-tema:
Suponha que a tabela abaixo representa a produção diária de vinho e de tecidos de um trabalhador, na Inglaterra e em Portugal.
Produto | Vinho | Tecidos |
Inglaterra | 6 barris | 12 peças |
Portugal | 3 barris | 3 peças |
1) Com base na tabela, é possível afirmar que:
(A) a Inglaterra tem vantagem comparativa em ambos os bens.
R- Não, Portugal possui vantagem comparativaem ambos os casos, pois os custos de produção de vinho e tecidos são menores em Portugal, o que o torna mais eficiente que a Inglaterra.
CRvPI = 6/3 = 2
CRtPI = 12/3 = 4
CRvIp = 3/6 = 0,5
CRtIP = 3/12 = 0,25
(B) em condições de livre comércio entre os dois países, a competição de produtos ingleses inviabilizará a produção em Portugal.
R- Não, em condições de livre comercio na Inglaterra opreço relativo do vinho é menor. (PRvI = 0,50 < PRvp = 1,0). O preço relativo do tecido em Portugal é menor. . (PRtp = 1,0 < PRtI = 2,0).
PRvPI = 6/12 = 0,5
PRtPI = 12/6 = 2
PRvIp = 3/3 = 1
PRtIP = 3/3 = 1

(C) seria imperativo que Portugal procurasse proteger sua produção de tecidos, que é a mais ameaçada pelos ingleses.
Em condição de livre comércio a Inglaterra tem o custo deoportunidade maior que Portugal.
COtvI = 2 > COtvp = 1
(D) uma vez estabelecido o livre comércio, a Inglaterra irá especializar-se na produção de tecidos, e Portugal, na de vinhos.
CRvpI= 2 < CRtpI = 4
Portugal quando comparada com a Inglaterra é relativamente mais eficiente na produção de vinho do que na produção de tecidos.
CRvIP= 0.50 > CRtiP = 0,25
Quando comparado com aInglaterra , Portugal é menos eficiente na produção de tecidos do que na produção de vinho.
(E) desde que cada país se especialize na produção de um bem, qualquer escolha é igualmente vantajosa para ambos.
Nao, cada país deve se especializar naquele produto em que possui menor custo de oportunidade.
COvtI = 0,50 < COvtP = 1,00
Inglaterra sacrifica menos unidades de tecido para produzir umaunidade adicional de vinho do que Portugal.
COtvP= 1,00 < COtvI = 2,00
Portugal sacrifica menos unidade de vinho para produzir uma unidade adicional de tecido do que a Inglaterra.

2) Identifique a faixa de preços que torna o comércio viável entre as duas nações.
PRODUTO

TOTAL
TECIDO
VINHO

PORTUGAL
3X 1,00 =
3,00

PORTUGAL
6,00INGLATERRA
27,00
PORTUGAL
3X 1,00 =
3,00

INGLATERRA 6X 0,50 =
3,00

INGLATERR
12 X 2 =
24,00

TOTAL
33,00
TOTAL
27,00
TOTAL
6,00

PRv P = 1,0 >PRvI = 0,50
PRt I = 2,0 >PRvP = 1,00
Para tornar a faixa de preços viáveis entre os dois países é necessário fazer o custo de oportunidade, portanto Portugal ficaria com 0,66 no vinho e 0,50 notecido e a Inglaterra ficaria com ,0,50 na produção de vinho e 1,50 em tecidos.
3) Calcule os ganhos de comércio para cada país, caso as trocas tenham a relação de preços de 1:1.
Caso as trocas seja de 1:1 somente a Inglaterra teria vantagem pois, a produção de um trabalhador na Inglaterra será de 50% a mais no Vinho e 200% a mais no tecido...

4) Em caso de comércio, qual será o volume deprodução de vinho na Inglaterra.
O volume seria de 3 barris. A Inglaterra para se especializar na produção de tecido no qual obtém menor custo de oportunidade terá que diminuir sua produção de vinho
5) Em caso de comércio, qual será o volume de produção de tecidos em Portugal.
O volume seria de 1,5 tecidos. Portugal para se especializar na produção de vinho no qual obtém menor custo deoportunidade terá que diminuir sua produção de tecido.
6) Defina o nível de impostos capaz de tornar os ganhos de comércio iguais para ambos os países.

7) Defina a tarifa ótima que impede a importação de produtos estrangeiros em Portugal.
A tarifa será proibitiva quando o efeito protetor for suficientemente alto para expandir a produção nacional até o ponto em que toda a demanda interna possa ser...
tracking img