Economia de ideias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1766 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha: A economia das idéias
Aluna: Julia Baptista

O capítulo estudado ressalta uma das principais contribuições da nova teoria do crescimento: as idéias são muito diferentes de outros bens econômicos. Mas para analisar tal assunto é necessário abordar outros fatores que influenciam a economia das idéias.
Até aqui, todos os modelos econômicos apresentaram teorias embasadas no capital,mas também destacaram a importância da tecnologia, uma vez que não há crescimento econômico sem progresso tecnológico. Ganha destaque, assim, a deficiência da teoria neoclássica do crescimento: “embora a tecnologia seja um componente central da teoria neoclássica, não é modelado”. Ou seja, as melhorias tecnológicas ocorrem de modo exógeno, sendo que as diferenças de tecnologia entre economiaspermanecem inexplicadas.
Para iniciar a análise, define-se tecnologia como sendo a maneira como os insumos são transformados em produtos no processo tecnológico. Nesse contexto, uma nova idéia promove um aumento no índice de tecnologia, melhorando a tecnologia de produção. Uma vez inventada, as idéias são não-rivais, ou seja, podem ser usadas por varias pessoas sem custo adicional. Essa característicaimplica que a escala da economia desempenha papel importante na economia das idéias. Essa não-rivalidade implica que a produção se distinguirá por retornos crescentes à escala, que em um ambiente competitivo com pesquisa intencional exige necessariamentea concorrência imperfeita. Obtem-se, então, a relação entre economia das idéias e crescimento econômico.
Vale ressaltar outra característicadas idéias: o fato de serem excluíveis, apesar de não-rivais. O grau de exclusibilidade de um bem é o grau a que o proprietário da idéia pode cobrar uma taxa pelo seu uso. Portanto, a única razão pela qual um inventor se dispõe a assumir os altos custos fixos da geração de uma idéia é porque espera poder cobrar um preço superior ao custo marginal e, assim, auferir lucros. Diante desse contexto e como intuito de assegurar aos inventores um poder de monopólio sobre suas invenções durante algum tempo, foram criados mecanismos como patentes e direitos autorais. A falta desses artifícios elimina os incentivos para que o inventor crie a idéia em primeiro lugar, uma vez que a pratica da engenharia reversa de uma invenção se torna fácil. Para ilustrar tem-se a Revolução Industrial e o início docrescimento econômico sustentado, que só foi possível quando haviam instituições destinadas a proteger os direitos de proteção da propriedade intelectual, permitindo que os empreendedores pudessem captar algum retorno privado de suas invenções.
Retornado às noções bens excluíveis, tem-se a captação dos benefícios que geram, enquanto bens não-excluíveis envolvem transbordamentos, chamados deexternalidades, de benefícios que não são captados por seus produtores. Oferecendo uma oporunidade clássica para a intervenção governamental na melhora do bem-estar, estão os bens com transbordamentos positivos, ou seja, aqueles que tendem a ser produzidos abaixo das necessidades pelos mercados. Por outro lado, os bens com transbordamentos negativos tendem a ser produzidos em excesso pelos mercados,sendo a regulamentação do governo necessária se os direitos de propriedade não puderem ser bem definidos.
Por fim, tal análise leva a concluaso de que a economia das idéias está estritamente ligada à presença de retornos crescentes à escala (idéias associadas a custos fixos) e à concorrência imperfeita (empresas só entram no mercado se puderem cobrar um valor maior a fim de auferir lucros).Amanda
Apesar de todos os modelos matemáticos estudados até aqui representarem teorias de crescimento econômico embasadas no capital, estes destacam a importância da tecnologia (não há crescimento econômico sem progresso tecnológico, além disso este fator é relevante para explicar por que alguns países são ricos e outros pobres). Dessa forma, ganha destaque a grande deficiência da teoria...
tracking img