Ecologia de marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6705 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ENGENHARIA – COPPE PROGRAMA DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO – PPE

FLÁVIO GERALDO NOGUEIRA

A FALHA METABÓLICA: MARX E A ECOLOGIA

Trabalho apresentado ao Programa de Doutorado em Planejamento Ambiental da Universidade Federal do Rio de Janeiro como requisito para obtenção de créditos nadisciplina Teoria do Conhecimento I, ministrada pelo Prof. Dr. Luiz Pinguelli Rosa

Rio de Janeiro, Julho de 2011

Conteúdo
RESUMO ................................................................................................................................. 2 INTRODUÇÃO ........................................................................................................................4 O MATERIALISMO ................................................................................................................ 7 A ECOLOGIA ........................................................................................................................ 10 O MATABOLONISMO ENTRE A NATUREZA E SOCIEDADE .................................... 14 A superpopulação e as condições humanas dereprodução..................................... 15 Leibig, Marx e a segunda revolução agrícola .............................................................. 18 A teoria da falha metabólica de Marx ............................................................................ 20 CONSIDERAÇÕES FINAIS ................................................................................................ 22BIBLIOGRAFIA ..................................................................................................................... 24

1

RESUMO
Este trabalho tem por objetivo analisar a relação entre o materialismo histórico de Marx e o pensamento ecológico com base no livro ―a ecologia de Marx‖ de John Bellany Foster. Parte-se do materialismo de Marx, com base na tradição Epicurista, mostrandocomo a visão materialista histórica e prática de Marx se manteve associada à relação do homem com a natureza, numa abordagem dialética na qual se identifica as raízes do pensamento ecológico. Essa conclusão não é livre de críticas, das quais relacionamos as principais no capítulo intitulado Ecologia. Foster, entretanto, procura rebater essas críticas como sendo fruto da confusão de Marx com outrosfilósofos e direcionadas ao próprio materialismo como base para ciência natural, ateísta. Essa análise vai concluir que a efetividade da análise ecológica pressupõe uma visão materialista e dialética das relações humanas entre si e com a natureza. Finalmente se desenvolve o conceito de ―metabolismo‖ entre a sociedade e natureza, elaborado por Marx no Capital onde, estudando os trabalhos de JamesAnderson (1739 – 1808) sobre a degradação dos solos na Grã-Bretanha, vai criticar Malthus (1766 – 1834) e as teorias do arrendamento de Ricardo. A dissociação entre o modo de produção capitalista na agricultura e a separação entre cidade e campo vão indicar uma falha irreparável no metabolismo homem-natureza, que só poderá ser superada com uma nova sociedade de produtores associados. A chamadasegunda revolução agrícola suportada pela química do solo de Justus Von Leibig vai permitir a Marx rebater as leis de crescimento aritmético da produção agrícola, enquanto o crescimento exponencial da população vai ser confrontado com a própria história e as condições cada vez mais insalubres das populações pobres, reduzindo seu crescimento. Em O Capital Marx, com contribuições de Engels, vaidesenvolver o conceito de ―falha metabólica‖ para explicar as contradições insuperáveis da grande agricultura capitalista e da concentração urbana pela indústria com a fertilidade do solo e poluição das cidades. Nas considerações finais apresenta-se as principais críticas à visão

2

ecológica de Marx relacionadas a teoria do valor da natureza e seu papel em relação a formação de riqueza bem como a...
tracking img