Direito e moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2358 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Direito e Moral - conceitos
"O Direito é a norma das ações humanas na vida social, estabelecida por uma organização soberana e imposta coativamente à observância de todos", segundo RUGGIERO e MAROI, em Istituzioni di diritto privato, 8 ed., Milão, 1955, v.1, § 2º.
MIGUEL REALE, em Lições Preliminares de Direito, afirma que "aos olhos do homem comum o Direito é a lei e ordem, isto é, um conjuntode regras obrigatórias que garante a convivência social graças ao estabelecimento de limites à ação de cada um de seus membros".
De acordo com a teoria da coercibilidade, "o direito é a ordenação coercível da conduta humana".

Distinção entre Direito e Moral

Direito X Justiça
Na atualidade há uma grande confusão entre o conceito do que seja Direito e o que seja Justiça, no seu aspectohumanitário, isto é, no aspecto do que seja justo; há ainda quem ache que Direito e justiça sejam a mesma coisa, todavia existe uma diferença enorme em o que é
Direito e o que seja Justiça. Principalmente no Brasil, onde o direito é excessivamente positivado, ou seja, o direito é puramente escrito e não costumeiro, como o anglo-saxão.

O Direito só não é aquele que se encontra escrito em: códigos,na constituição e em leis esparsas, ou seja , o direito positivado que tem como principal fonte o poder legislativo, mas também normas provenientes do poder executivo como regulamentos e do poder judiciário como súmulas. Todos esses conjuntos fazem parte do direito brasileiro, logo todos fazem parte do corpo do direito brasileiro positivado, e por isso são os únicos válidos no nosso território.Diferente do que seja direito a justiça não tem um conceito definido ou pré-definido, pois a justiça muitas vezes se distancia do que é direito. Na justiça usa-se muito o adjetivo justo, que em várias ocasiões não tem nada haver com o que seja direito.

O direito positivado tem como uma das suas finalidades dizer como o direito deve ser aplicado e como deve ser dito, isso causa em diferentesmomentos atritos com o que seja justiça, pois há várias coisas que são justas e não estão normatizadas no nosso direito positivo, como também há varias situações que estão normatizadas no nosso direito positivo e não tem o valor de justiça, ou seja, não tem o condão do que é justo.

Quando o que é justo entra em conflito com o direito, esse é o que prevalecerá, logo isso pode causar uma grandeindignação na sociedade, mas a mesma tem que compreender que o nosso sistema, como já foi dito, é positivado, ou seja, o direito brasileiro só terá validade e eficiência se tiver escrita.

Vêmos muitas vezes juízes julgar determinados casos e falamos: “que injustiça!”, mas esses juízes que são criticados estão, na maioria das vezes, dizendo o direito do jeito que ele deve ser dito, de acordo comque a lei manda e prá “mandar” a lei tem que está escrita, isto é, positivada.É por esse e vários outros motivos que o direito e a justiça não significam a mesma coisa e também por esse e outros motivos que o conceito do nosso direito brasileiro se choca com o que seja justiça. Contudo, nem tudo que é Direito é Justo e nem tudo que é Justo é Direito.



O direito tem inúmeros significados, massimplificadamente, direito é um conjunto de  leis em geral para colocar ordem na sociedade, mostrando assim quais os direitos e quais os deveres de cada um.

A justiça é a virtude de dar a cada um aquilo que é seu. A faculdade de julgar segundo o direito e melhor consciência.

Então o direito não existe sem a justiça, ou seria o contrário. 
Os dois termos andam juntos.
A justiça é osubjetivo e o abstrato do direito.
Numa interpretação de um crime, por exemplo, o direito permanece intacto, enquanto a justiça pode ser alcançada por vários ângulos.

A justiça sustenta  numa das mãos a balança com que pesa o direito,
enquanto na outra segura a espada por meio da qual o defende.
A espada sem a balança é a força bruta, 
a balança sem a espada, a impotência do direito.
Uma...
tracking img