Dificuldades na leitura e escrita

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3530 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADES INTEGRADAS DE NAVIRAI


HELGA ESSY SOARES












DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DA LEITURA E ESCRITA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO, EM FOCO 1º e 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NO CENTRO EDUCACIONAL MUNICIPAL RURAL NOVA IGUATEMI.





Pesquisa realizada para analise da situação funcional do Centro Educacional Municipal RuralNova Iguatemi.












Iguatemi-MS
2011
1. Introdução




O tema dificuldade de aprendizagem na leitura e escrita surgiu da necessidade de se compreender e investigar o motivo pelo qual tantos alunos são encaminhados e diagnosticados como portadores de alguma dificuldade de aprendizagem na leitura e escrita. Tendo como meta analisar as dificuldades dealfabetização. Dentre os distúrbios, os mais freqüentes são: dislexia, disgrafias, discalculias, dislalia, disortografia. Sendo assim pode-se definir que o conceito dificuldade de aprendizagem engloba uma série de transtornos, manifestando-se por meio de atrasos e dificuldades de leitura, escrita, soletração e cálculo em crianças com suas faculdades mentais em potencial normal. De acordo com(GRIGORENKO, STERNEMBERG, 2003, p.29)

“Dificuldade de aprendizagem significa um distúrbio em um ou mais dos processos psicológicos básicos envolvidos no entendimento ou no uso da linguagem, falada ou escrita, que pode se manifestar em uma aptidão imperfeita para ouvir, pensar, falar, ler, escrever, soletrar ou realizar cálculos matemáticos”.

Mas em alguns casos a criança nãoapresenta deficiência visual, auditiva motora ou desvantagens culturais. Nestes casos o problema pode estar relacionado a problemas emocionais, adaptação social, relação professor-aluno ou metodologia inadequada. Para Vygotsky (VYGOTSKY,1979). “Dificuldade de aprendizagem é um distúrbio psicológico que causa problemas a criança, quando esta se encontra no inicio do processo dealfabetização”. Seguindo este pensamento o professor deve estar atento e reconhecer se nesse período de alfabetização seu aluno apresenta algum tipo de distúrbio de aprendizagem. Pois o professor estando em contato direto com seu aluno durante o processo ensino-aprendizagem, percebe se seu aluno tem dificuldade para ler ou se realiza as atividades escolares com muita lentidão. Notando que seu alunoapresenta as reais dificuldades de aprendizagem cabe ao professor comunicar a direção escolar para que a mesma encaminhe esta criança a um profissional especializado para evidenciar a área mais comprometida e recomendar a maneira mais adequada para a superação das dificuldades. Nesse sentido o trabalho clínico estaria realmente atendendo àquelas crianças que apresentação algum tipo dedeficiência e não àquelas crianças que estão tendo condições de apresentar um bom desempenho escolar. É de grande relevância apontar que muitos dos casos de aprendizagem poderiam ser resolvidos em sala de aula, desde que tenha condições favoráveis para o aprendizado. Por tanto esse estudo vem responder algumas questões no que diz respeito às práticas em sala de aula para a aquisição da leitura eescrita com os alunos do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental do Centro Educacional Municipal Rural Nova Iguatemi.

























2. Sumário




1. .Introdução..........................................................................................01

3. Dificuldades de leitura eescrita..........................................................04

4. Dificuldades de leitura e escrita em foco 2º e 3º ano do ensino fundamental do Centro Educacional Municipal Rural Nova Iguatemi...07
5. Conclusão..........................................................................................11
6. Referencias Bibliográficas..................................................................13
7....
tracking img