Dificuldades na leitura: dislexia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3245 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DIFICULDADES NA LEITURA:
DISLEXIA
DIFFICULTIES IN READING: DYSLEXIA

Bruno Franco*; Cátia Almeida*; Corina Martins*;
Ana Paula Amaral**
Resumo
Sabe-se que existem muitos distúrbios na linguagem ou na aprendizagem, entre os quais a dislexia. Estima-se que estaatinja cerca de 10% a 15% da população mundial. A dislexia é talvez a causa mais frequente de baixo rendimento e insucesso escolar. Na grande maioria dos casos não é identificada, nem corretamente tratada. Com este artigo pretendemos de forma simples, dar a conhecer o que é a dislexia, as suas causas e possíveis intervenções para melhorar a qualidade de vida de crianças que sofrem deste distúrbio.Palavras – chave: dislexia, linguagem, perturbação, comunicação, escrita, leitura.

Abstract
It is known that there are many language and learning disturbances including dyslexia. It is estimated that dyslexia reaches about 10% to 15% of the world population. Dyslexia is perhaps the most frequent cause of poor school performance and failure. In most cases it is not identified or properlytreated. With this article we intend to simply disclose what dyslexia is, its causes and possible interventions to improve the quality of life of children who suffers from this disorder.
Key words: dyslexia, language, disturbance, communication, writing, reading.

Introdução
Saber ler é uma das aprendizagens mais importantes do desenvolvimento, pois é a chave que permite o acesso a todos osoutros saberes. A leitura e a escrita são formas do processamento linguístico. Aprender a ler, embora seja uma competência complexa, é relativamente fácil para a maioria das pessoas (José Morais,1997). Contudo, um número significativo de pessoas, embora possuindo um nível de inteligência médio ou superior, manifesta dificuldades na sua aprendizagem. Até há poucos anos a origem desta dificuldade eradesconhecida, era uma incapacidade invisível, um mistério, que gerou mitos e preconceitos estigmatizando as crianças, os jovens e os adultos que a não conseguiam ultrapassar. Deste modo, a dislexia é considerada uma perturbação da aprendizagem, que se manifesta na dificuldade de aquisição normal da leitura e da escrita, em consequência de atrasos de maturação que afetam o estabelecimento dasrelações espácio-temporais, a área motora, a capacidade de discriminação perceptivo-visual, os processos simbólicos, a atenção e a capacidade numérica e/ou a competência social e pessoal, em sujeitos que apresentam um desenvolvimento adequado para a idade e aptidões intelectuais normais  (Torres e Fernandéz, 2001).
As crianças disléxicas que têm problemas de aprendizagem vão ter dificuldade na leitura ena escrita, apesar de não apresentarem outros problemas que possam explicar estas dificuldades, tendo capacidades de intelectuais dentro ou acima da média, sem problemas sensoriais ou de compreensão (Fonseca,1999). Deste modo, dislexia é provavelmente a perturbação mais frequente entre a população escolar. Esta alteração da aprendizagem é alvo de constantes análises para que se consiga entender assuas causas, para que assim se conclua se este é provocado pelo ensino ou por causa genética, sendo também consideradas as causas sociais como ponto de estudo da etiologia da dislexia.
A Leitura e as Dificuldades de Aprendizagem
É considerada uma competência cultural que se baseia no conhecimento da linguagem oral, tendo, contudo, um grau de complexidade mais elevada que a própria linguagemoral. Aprende-se a falar naturalmente, sem necessidade de ensino explícito. No entanto, a escrita necessita da aprendizagem do código gráfico e de como o decifrar. Os processos cognitivos envolvidos na produção e compreensão da linguagem falada diferem dos da leitura e escrita (José Morais, 1997). Na leitura, encontram-se três tipos de dificuldades, e a primeira delas é o atraso geral de leitura,...
tracking img