Desigualdade social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1145 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Desigualdade social é a principal causa do trabalho infantil
Clériston Cordova

O trabalho infantil é repudiado por muitos, usufruído por outros tantos e exercido por milhões de crianças e adolescentes no Brasil, o que vergonhosamente o coloca como o terceiro país da América Latina que mais inviabiliza a infância, segundo dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

As causasprincipais são a pobreza e o desemprego crescentes, que acabam servindo como justificativa para aqueles que empregam esses jovens ou mesmo os que se defrontam diariamente em Paranavaí com meninos vendendo balas e salgados nos sinais, entregando panfletos e em alguns casos sendo obrigados a pedir dinheiro para os motoristas dos veículos que param nos semáforos.

O fato é que muitos dessespequenos cidadãos são a favor de seu direito de trabalho, mas de forma digna, ao contrário da exploração a que são sujeitados. Crianças e adolescentes recebem muito menos do que os adultos, sem direito à carteira assinada e férias, ainda que a legislação brasileira determine que o trabalho é proibido para menores de 16 anos. Quanto mais novos são esses trabalhadores, menor ou mais ausente é aremuneração.

Pode-se dizer que uma em cada dez crianças na faixa etária de cinco a 16 anos perde parte da infância trabalhando como adultos. Essas crianças quase sempre têm desempenho fraco na escola, porque estão muito cansadas para estudar e aprender, ou simplesmente deixam de estudar.

É importante ainda combater formas de exploração do trabalho infantil especialmente difíceis de serem erradicadas oude pouca visibilidade. Entre essas formas, estão o trabalho infantil doméstico e a exploração sexual comercial de crianças e adolescentes.


Desigualdade


A exploração do trabalho infantil tem sido um tema debatido há muito tempo por governantes e entidades ligadas aos direitos das crianças e adolescentes. O combate é para toda a sociedade brasileira uma questão de direitos humanos.

Otrabalho infantil deve ser eliminado, especialmente nas suas manifestações mais intoleráveis, por não ser consistente com a ética de uma sociedade democrática que busca a justiça e a igualdade de oportunidades para todos os seus cidadãos.

A infância e a adolescência merecem especial atenção das políticas sociais como etapas do ciclo de vida que devem ser destinadas primordialmente à educação e àformação psicossocial dos indivíduos.

A questão do trabalho infantil é complexa. O problema está associado, embora não esteja restrito, à pobreza, à desigualdade e à exclusão social existentes no Brasil. É preciso admitir o problema e encarar a sua complexidade. Firmar parcerias (governo, sociedade, instituições) que possam combater o trabalho precoce, principalmente aquelas consideradasinaceitáveis por não respeitarem os direitos fundamentais e inalienáveis da pessoa humana.

O que importa muito nessa questão do trabalho precoce das crianças é a natureza desse trabalho, que em muitos casos acontece em condições de riscos e abusos.
Para reduzir o trabalho infantil é preciso ter uma abordagem integrada que identifique as crianças que trabalham, sensibilize a sociedade sobre os danosmorais, físicos e intelectuais do trabalho infantil, adapte as escolas para receber essas crianças, ofereça atividades culturais, esportivas, educativas e de lazer e compense a redução da renda familiar.

Enfim, é preciso estar ciente de que não basta tirar a criança do trabalho, mas de que é necessário proporcionar à família melhores condições para mantê-la fora do mercado de trabalho.


Ofuturo do Brasil está na criança e na escola


Crianças que estudam e brincam têm condições de ter um futuro melhor. Estudos realizados por diversas entidades brasileiras e internacionais indicam que são inúmeros os comprometimentos físicos e psíquicos provocados pelo trabalho precoce, principalmente nas atividades consideradas intoleráveis como as desenvolvidas nos canaviais, nas carvoarias,...
tracking img