Desigualdade social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2553 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DESIGUALDADE SOCIAL - UM PROBLEMA NACIONAL

Trabalho apresentado ao Curso Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, , Trabalho Inderdiciplinar Individual do Serviço Social III.

Prof. Daniela Sikorski, Paulo Sérgio Aragão, Sérgio Goes Barbosa, Giane Albiazzetti.

Manoel Ribas
2011



SUMARIO

1. Introdução------------------------------------------------------------------------------- 4
2. O que é desigualdade social -------------------------------------------------------- 5
3. Karl Marx --------------------------------------------------------------------------------- 5
3.1 Karl Marx quatro explicativo sobre suas terias ---------------------------- 6
4. Surgimento desigualdade social no Brasil-------------------------------------- 8
5. Como o estado trabalha perante essa problematica das desigualdades sociais, no ambito Federal, Estadual e Municipal ----------------------------- 8
6. Minha concepção acerca de desigualdade social/questões sociais e atuação do profissional de serviço social -------------------------------------- 11
7. Conclusão------------------------------------------------------------------------------ 13
8. Referencias Bibliograficas---------------------------------------------------------- 14


INTRODUÇÃO

O trabalho a seguir, tem como objetivo realizar uma reflexão sobre questões geradoras de desigualdades sociais, uma analise critica sobre teorias políticas e suas interpretações sobre a sociedade capitalista e como que o serviço socialse manifesta acerca dessas questões.
Faz uma abordagem mostrando que o Brasil é um país de grande contraste social, sendo que a distribuição de renda é desigual, para uma pequena parcela da sociedade é muito rica, enquanto grande parte da população vive na pobreza e miséria. Embora a distribuição de renda tenha melhorado nos últimos anos, em função dos programas sociais, ainda vivemos num paísmuito injusto.
Este trabalho tem também por objetivo fazer um pequeno levantamento sobre desigualdade social e políticas de enfrentamento no Brasil, no Paraná e no município de Reserva/PR.

DESENVOLVIMENTO

Somos todos diferentes, isso é visível, por exemplo, há: diferenças físicas, sociais, coisas materiais, raça, sexo, cultura e outros. Há pessoas que vivem em mansões e outras não têm um simplesteto sobre suas cabeças. As disparidades sociais, a extrema concentração de renda (onde poucos têm muito e muitos nada têm), os salários baixos, a falta de emprego, a fome que atinge milhões de brasileiros, a marginalidade e a violência, etc., são retratos resultantes das desigualdades sociais no Brasil, e essas desigualdades, se apresentam na sociedade brasileira de maneiras diferentes, pois sãoconstituídos de um conjunto de elementos econômicos, políticos e culturais próprios de cada sociedade.
Muito já se falou sobre desigualdade social podemos citar: Karl Henrich Marx (Trier 1818 – Londres 1883 Teórico do socialismo e militante revolucionário alemão, do XIX.), que através de seus livros deixou um material de estudo sobre esse tema, as desigualdades sociais são frutos de uma sociedadecapitalista, onde o homem emprega sua força e recebe por isso um salário de fome. Marx enfatizou as relações com os meios de produção. Para Marx, estudar o modo de produção é fundamental para se compreender como se organiza e funciona uma sociedade, segundo este, o capitalismo separou o trabalhador de seus meios de produção, criando a desigualdade social. Na atualidade a sociedade capitalista nosfaz crer que morar num mundo justo, sem miséria é impossível.
Segundo Marx a sociedade é resultado das ações humanas, e essas tornam  a sociedade possível. O poder de dominação é que da origem a essas desigualdades, se originam dessa relação contraditória, refletem na apropriação e dominação, criando um sistema social, onde uma classe produz  e a outra domina tudo. As desigualdades são o...
tracking img