Desenvolvimento pessoal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2099 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Avaliação de nossa equipe com grau de importância das questões fundamentais do Mundo Contemporâneo, atribuindo, para cada uma, um número de 1 (menos importante) a 5 (mais importante).

Questões Fundamentais Importância
Educação
5
Diversidade cultural1
Ética
2
Responsabilidade Socioambiental
4
Espiritualidade
3


Considerando apenas a questão avaliada pela equipe como sendo de maiorimportância, responda a seguinte pergunta: De que forma essa questão pode ser desenvolvida na atuação profissional?
Pode ser desenvolvida na atuação profissional, com aumento de conhecimentos, teóricos, técnicos, práticos, visão mais ampla da sociedade, conhecimentos de normas, melhor raciocínio lógico e etc.
Com isso vamos formar uma nação melhor estruturada e conhecedora, só assim vamos podertornar em um país de primeiro Mundo em um tempo menor, pois cada cidadão vai conhecer melhor seus direitos e deveres na sociedade.


Pagina 2

Pesquisa com estudantes ingressantes no ano de 2011:

Nome: Lucas Arruda Correa
Curso: Engenharia Produção
Área de interesse: Na área de Engenharia mecânica

Nome: Eduardo Tot
Curso: Engenharia de Produção
Área de interesse: Na área deengenharia e projetos

Nome: Rodrigo Carnevalle
Curso: Engenharia de Produção
Área de interesse: Na área de supervisor de Produção







Pagina 3
O Novo Mundo do Trabalho, oportunidades e Desafios para o Presente

Há pouco tempo atrás, as relações de trabalho eram caracterizadas por meio de contratos formais realizados entre ‘patrões’ e ‘empregados’, que normalmente se colocavam em pólosopostos Quanto mais tempo o trabalhador ficasse em uma empresa, maiores eram suas chances de ‘fazer carreira’ e menor a possibilidade de ser rompido o vínculo trabalhista. O perfil do trabalhador intermediário era constituído por indivíduos do sexo masculino, de baixa escolaridade, formado ‘no chão de fábrica’, que trabalhava nas indústrias, diretamente nas linhas de produção.
Hoje a situação ébem diferente. O trabalhador da indústria já não é mais dominante, está mais escolarizado, compete com as trabalhadoras pelas vagas no mercado de trabalho, não tem a garantia do emprego para toda a vida, interessa-se menos pela associação junto aos sindicatos tradicionais, está submetido a pressões crescentes para aumentar sua produtividade, corre mais riscos de se ver desempregado, tem maiorpossibilidade de negociar seus rendimentos em função do valor que agrega à produção.
Em outras palavras, as noções de trabalho/emprego/segurança social, tratadas quase como sinônimas, mudaram com o passar do tempo, em interação com a evolução da sociedade e das condições da produção. Assim como mudaram as realidades que se escondem por trás dessas noções.
Vários são os fatores que, conjuntamente e eminteração, contribuíram para a construção desta nova realidade do trabalho. Entre eles a globalização econômica e a disseminação das inovações tecnológicas e organizacionais; as transformações no papel dos estados; a disseminação do individualismo como valor nas sociedades contemporâneas; e o crescimento da participação feminina no mercado de trabalho.
Nas empresas observa-se, ainda, o recursoao desenvolvimento e manutenção de um núcleo sólido de trabalhadores, altamente capacitados e qualificados, que auferem maiores benefícios e salários e com os quais as relações tendem a ser mais estáveis; segue-se um estrato de trabalhadores ‘mais flexíveis’, em boa parte terceirizáveis, com relações mais precárias e com menos garantias trabalhistas, acompanhado ainda de trabalhadores satélites,...
tracking img