Desenvolvimento infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1124 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE JAGUARIÚNA









FRANCESMARI MENEZES VITOR











DESENVOLVIMENTO INFANTIL

















Jaguariúna

2012

FRANCESMARI MENEZES VITOR











DESENVOLVIMENTO INFANTIL











Resumo e análise de artigo apresentados à professora de Psicologia do Desenvolvimento I, AnaClaudia Montanari, do curso de Psicologia da Faculdade de Jaguariúna








Jaguariúna

2012



RESUMO
Enquanto Piaget discorreu sobre a organização interna das experiências e adaptação, Vygotsky se preocupou mais com os valores sociais e culturais no desenvolvimento da inteligência.
Mas os autores também compartilham do mesmo ponto de vista em alguns aspectos, como a construção eadaptação individuais do conhecimento e aprendizagem e desenvolvimento são auto-regulados e que a criança não é passiva na construção do conhecimento, mas transformadora, com sua capacidade interna e nata.
Piaget e Vygotsky seguiram por caminhos diferentes para entender como o conhecimento é adquirido. Enquanto o primeiro teorizou que a construção ocorre na mente do sujeito, o segundo focalizou aquestão dos fatores sociais e culturais como influências. Vygostky pensava que o conhecimento se dava por meio de transmissão, de uma figura letrada para a criança, hierarquicamente, já Piaget afirmou que a criança se desenvolve socialmente de forma única e pessoal
Piaget afirmou que há um limite no nível de desenvolvimento, e que o ritmo individual define até onde o sujeito vai, passo a passo.Vygotsky diz que é aprendizagem que proporciona o desenvolvimento.
Vygotsky definiu duas zonas de desenvolvimento: potencial e proximal. Na potencial o sujeito é capaz de realizar tarefas sem dependência e na proximal se utilizam de apoio e integração social para resolver tarefas que não conseguiriam sozinhos. Piaget afirma que se adquire um novo conhecimento sobre um já adquirido. O social e ocultural desempenham grande papel na teoria de Vygotsky, sendo que é a cultura que define o que é aprendido pela criança. Piaget reconhece o papel dos fatos sociais como desequilibradores, ou seja, favorecem o desenvolvimento de algo novo a partir do já construído.
O papel da linguagem é o ponto de mais discordância entre os autores. Vygotsky a trata como um resultado de raciocínio e pensamentointelectual, além de ser essencial para a formação da consciência, planejamento e todas as funções psíquicas superiores. Piaget a trata como um símbolo, que mostra o desenvolvimento, mas que não é gerador. A linguagem facilita, mas não se mostra necessária.
Para Vygotsky a criança constrói seu conhecimento a partir do que é oferecido pelo professor e o programa da instituição. Dessa forma nãoinventa, e é modelada pelo que a sociedade a mostra, num processo de transmissão cultural
Piaget diz que o professor tem papel de encorajar o aluno, e que o processo educacional é de invenção e não remodelar. A criança pode se utilizar de várias formas na sua construção de conhecimento e que o social vai influenciar na desequilibração e então, o novo conhecimento.
O ambiente escolar tem significadosdiferentes para os autores. Vygotsky o percebe como local onde são oferecidos modelos à criança e a partir dos modelos de da a aprendizagem. Piaget diz que a aprendizagem vem tanto com a interação com o professor quanto com os colegas.
Vygotsky afirma que o desenvolvimento é produto da aprendizagem, como por exemplo, nas interações com outras crianças e adultos modelos. Piaget diz que háinteração entre o indivíduo e o ambiente em que ele está inserido, assim formando esquemas, assimilação, acomodação e a adaptação. Vygtosky coloca a zona de desenvolvimento proximal como um lugar entre o nível de desenvolvimento real e o nível de desenvolvimento potencial vem para compor algumas idéias, como:
• A criança que faz algo com auxílio hoje poderá realizar o mesmo depois sozinha
•...
tracking img