Desenvolvimento infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2722 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
$$

Rev Saúde Pública 2005;39(4):606-11
www.fsp.usp.br/rsp

Ambiente familiar e desenvolvimento cognitivo infantil: uma abordagem epidemiológica Family environment and child’s cognitive development: an epidemiological approach
Susanne Anjos Andradea, Darci Neves Santosa, Ana Cecília Bastosb, Márcia Regina Marcondes Pedromônico†,c, Naomar de Almeida-Filhoa e Mauricio L Barretoa
Institutode Saúde Coletiva. Universidade Federal da Bahia (UFBa). Salvador, BA, Brasil. bDepartamento de Psicologia. UFBa. Salvador, BA, Brasil. cDepartamento de Fonoaudiologia. Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Descritores Relações familiares. Cognição. Desenvolvimento infantil. Estudos transversais. Resumo Objetivo Analisar a associação entre a qualidade do estímulo doméstico e odesempenho cognitivo infantil, identificando o impacto da escolaridade materna sobre a qualidade dessa estimulação. Métodos Estudo de corte transversal, com 350 crianças entre 17 e 42 meses, examinadas em 1999, em áreas centrais e periféricas de Salvador, Estado da Bahia. Utilizou-se um questionário socioeconômico, o inventário Home Observation for Measurement of the Environment Scale (HOME) paramensurar a estimulação no ambiente familiar, e a escala Bayley de desenvolvimento infantil. Foram realizadas análises univariadas e múltiplas, por meio da regressão linear, considerando nível de significância de 5%. Resultados Encontrou-se associação positiva (β=0,66) e estatisticamente significante entre a qualidade da estimulação no ambiente doméstico e o desempenho cognitivo infantil. Parte doefeito da estimulação sobre a cognição foi mediada pela condição materna de trabalho e seu nível de escolaridade. Verificou-se que as crianças ocupando as primeiras ordens de nascimento, convivendo com reduzido número de menores de cinco anos, usufruem de melhor qualidade da estimulação no ambiente doméstico. Esse padrão de estimulação se mantém entre crianças convivendo com seus pais, cujas mãespossuem melhor escolaridade, trabalham fora e convivem com companheiros no ambiente familiar. Conclusões Confirma-se a importância da qualidade do estímulo doméstico para o desenvolvimento cognitivo infantil, além do relevante papel das condições materiais e dinâmica familiar. Os achados apontam a pertinência de ações de intervenção que favoreçam a qualidade do ambiente e da relaçãocuidador-criança para o desenvolvimento cognitivo.
a

Keywords Family relations. Cognition. Child development. Cross-sectional studies.

Abstract
Objective To assess the association between quality of stimulation in the family environment and child’s cognitive development considering the impact of mother’s schooling on the quality of stimulation.
Baseado na dissertação de mestrado apresentada ao Institutode Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia, em 2003. Financiado pela Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (Processo n. 001/2002) e pelo Programa de Núcleo de Excelência (PRONEX/CNPq/MCT - Contrato n. 661086/1998-4). Recebido em 9/1/2004. Reapresentado em 18/3/2005. Aprovado em 5/5/2005. † In memorian

Correspondência para/ Correspondence to: Darci Neves Santos Instituto deSaúde Coletiva - UFBa Rua Padre Feijó, 29 4º andar 40110-170 Salvador, BA, Brasil E-mail: darci@ufba.br

Rev Saúde Pública 2005;39(4):606-11
www.fsp.usp.br/rsp

Ambiente familiar e desenvolvimento infantil Andrade SA et al

$%

Methods A cross-sectional study comprising 350 children aged 17-42 months was carried out in central and peripheral areas of Salvador, Northeastern Brazil, in 1999.A socioeconomic questionnaire was used, along with the Home Observation for Measurement of the Environment Scale (HOME Inventory), and the Bayley Scale for Infant Development. Bivariate and multivariate analyses were carried out through linear regression at 5% level of significance. Results There was a positive (β=0.66) and statistically significant association between quality of stimulation...
tracking img