Desenvolvimento da psicologia organizacional e do trabalho no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (439 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Desenvolvimento da psicologia organizacional e do trabalho no Brasil
A Psicologia aplicada ao trabalho surge nas primeiras décadas do séc. XX, associada a tentativas de racionalização e a procura deum caráter científico e inovador no controle dos processos produtivos. Em 1930, surge o Instituto de Organização Racional do Trabalho (IDORT) que passou a ter considerável penetração nas empresas,pois veio atender a expectativa dos paulistas em relação as aplicações de testes na seleção de empregados.
Já em 1960 quando a psicologia foi realmente reconhecidade legalmente, a profissão já estavainstalada graças ao valor dado a ela em relação as organizações.
Com o aumento de instalações de multinacionais no Brasil, a competitividade aumentou junto com a expansão das organizações produtivasapós a Segunda Guerra Mundial.
Embora a produtividade tendo aumentado, a qualidade dos produtos só começou a ter valor após dois eventos. O governo de Getúlio Vargas (foi regulamentados direitos ebenefícios aos trabalhadores) e a gestão presidencial de Juscelino Kubistchek (que acarretou a vinda de montadoras internacionais para o Brasil).
Mesmo com o aumento da solicitação de psicólogos emorganizações, o papel dele não era maior do que o recrutamento, seleção, análise ocupacional e avaliação do desempenho dos empregados.
Apenas na década de 1990, com abertura do mercado e o aumentointenso da competitividade internacionalizada, as organizações brasileiras e a realidade de trabalho passaram a exigir novas competências e formas de trabalho. E em 2001 surge a Sociedade Brasileira dePsicologia Organizacional e do Trabalho.

Transformações no mundo do trabalho e práticas emergente na psicologia organizacional e do trabalho
As atividades de trabalho são fundamentais na construçãodas interações humanas. Isso nos permite afirmar que as transformações no mundo do trabalho, ao longo dos séculos acarretam diferentes formas de subjetivação (desenvolvimento emocional e cognitivo...
tracking img