Desenvolvimento da linguagem de surdo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1125 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
II. Desenvolvimento de Linguagem
Do ponto de vista teórico por mim assumido e que compartilho com vocês neste texto, é impossível falar de ensino-aprendizagem sem discutirmos, antes, desenvolvimento de linguagem, considerando que ela é a base para a construção de todas as funções mentais superiores. Por sua natureza, em essência, social, a linguagem desenvolve-se nas relações que estabelecemoscom outro(s), nos diferentes contextos sociais em que somos inseridos; desse modo, para desenvolvê-la, devemos estar em relação com outros que utilizem uma língua que nos seja acessível - no caso de crianças surdas, a língua de sinais. Apenas deste modo, o desenvolvimento de linguagem da primeira língua entre crianças ouvintes e surdas pode ser entendido como análogo.

Visando a uma maiorcompreensão e proximidade de vocês com os conceitos aqui abordados, acredito que a leitura de alguns textos se fará necessária (se não neste momento do Curso, posteriormente). Sugiro a leitura da obra Pensamento e Linguagem de Vygotsky (19341/1982)2 e do capítulo Pré-história da linguagem escrita (VYGOTSKY, 1931/1984). Trago para este texto apenas as ideias principais destes trabalhos.

Desde onascimento, o bebê humano é colocado em relações peculiares com os adultos que estão ao seu redor; desta forma, todo seu contato com a realidade (incluindo aqueles relacionados às funções biológicas mais elementares) é socialmente mediado. Nestas relações, ocorre o que Pino (2005) denominou “desenvolvimento cultural”, ou seja, o processo no qual há “uma espécie de transposição coletiva para o indivíduo,transposição que tem lugar ao longo da existência do indivíduo pela conversão das funções sociais em funções pessoais” (PINO, 2005, p.50). Para este autor, se há neste processo uma conversão, é porque existe um mediador responsável por ela, da ordem da significação – logo, da linguagem - por meio do qual o bebê será inserido nas relações humanas e nas práticas sociais pelo outro.

Compreende-se,desta forma, que todo desenvolvimento da criança depende da presença do outro, daquele que possui domínio da linguagem para, dialeticamente, constituir-se como sujeito da e pela linguagem, pois se entende que a trajetória principal do desenvolvimento psicológico da criança é de progressiva individualização, ou seja, é um processo que se origina nas relações sociais, interpessoais e transforma-seem individual, intrapessoal. Desse modo, pode-se concluir que a linguagem da criança, desde seu início, é essencialmente social e desenvolve-se no plano das interações sociais, no decorrer dos processos de significação realizados pelos adultos relativos às ações da criança e de suas ações para com a criança.

Outro aspecto que merece ser abordado ao se considerar a perspectiva vygotskyana dedesenvolvimento humano, diz respeito ao fato de os processos envolvendo linguagem serem unificados; portanto, para se compreender os processos implicados no ensino-aprendizagem da escrita (tema que nos interessa), é necessário conhecer toda a história do desenvolvimento dos signos da criança, que pode ser representado, esquematicamente, da seguinte forma:
De forma bastante breve (o que pode dar umavisão equivocada de simplificação não pretendida neste texto), em sua descrição do processo unificado de desenvolvimento de linguagem, Vygotsky defende que os gestos, inicialmente o de apontar, são a origem de todo o processo de desenvolvimento de linguagem da criança. Este movimento caracteriza-se pela extensão do braço que balança no ar, com os dedos realizando movimentos indicativos,assinalando, objetivamente, o que se pretende pegar. Quando este gesto é interpretado pelo adulto como sendo a indicação de algo que a criança quer, há uma mudança radical de toda situação, pois este gesto converte-se em gesto realizado para o outro. Neste processo, “a própria função do movimento se modifica: de estar dirigido ao objeto passa a ser dirigido à outra pessoa, se converte em um meio de...
tracking img