Desenvolvimento cognitivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1252 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
AUTISMO INFANTIL
* Elis Georgina dos Santos Andrade

Por trás de um rosto inteligente, uma aparência física normal, uma capacidade de raciocínio muitas vezes notável, esconde-se uma criança que não se constitui como sujeito: “sem um olhar” com um grave comprometimento na linguagem, que se isola, que não encontra o outro, enfim, uma criança que simboliza para todos aqueles que a “encontram” umverdadeiro enigma – o enigma da criança autista.
Estudos e pesquisas vêm sendo realizados acerca da síndrome autística, porém ainda hoje suas causas são desconhecidas. O que se sabe é que o autismo é uma alteração cerebral que afeta a capacidade da pessoa se comunicar, compreender e falar, afetando seu convívio social.
Em crianças, esse transtorno do desenvolvimento manifesta-se antes dos 3anos de idadee não necessariamente é acompanhado de retardo mental, pois, existem casos em que a criança apresenta inteligência e fala intactas.
Os critérios de estudo do autismo são bastante diferentes e por isso têm-se encontrado na literatura números díspares em relação à incidência do autismo na população em geral. O que se sabe com certeza é que este número é maior entre meninos do que entremeninas. De forma ampla, pode-se dizer que estes números flutuam de 5 a 15 casos em cada dez mil crianças, sendo que estes números estão em dependência dos diferentes autores dos estudos, já que por vezes o enquadre de uma criança no diagnóstico autista pode assumir caráter subjetivo (BALLONE, 2005).

Assim sendo, cada criança portadora do autismo apresenta-se com sua mistura particular dehabilidades e desafios. Algumas parecem viver em um mundo fechado e distante, outros parecem presos a comportamentos restritos e com rígidos padrões.
Na maioria dos casos, uma criança autista prefere estar só, não forma relações pessoais íntimas, não abraça, tem dificuldade em estabelecer contato com os olhos, parece surdo apesar de não ser. Age como se não tomasse conhecimento do que acontece com osoutros, é excessivamente presa a objetos familiares e repete continuamente certos atos e rituais. Por vezes ataca e fere outras pessoas mesmo que não existam motivos para isso, não suportam mudanças de ambiente e preferem um contexto inanimado.
Consoante Frith (1991, apud Ballone, 2005),

As crianças autistas possuem também dificuldade para se colocarem no lugar do outro, para entãocompreender o que a outra pessoa pode estar sentindo. Tal comportamento empático faz parte das habilidades sociais que uma pessoa deve possuir para manter adequados níveis de interação interpessoal, o que estando prejudicado, leva a maiores prejuízos de ordem social, como os identificados no autista.

Dessa forma podemos afirmar que a criança portadora da síndrome autística costuma estar inacessívelperante as tentativas de comunicação de outras pessoas. Esse é um dos sintomas que na maioria das vezes leva os pais a buscarem auxílio. É justamente a dificuldade de expressão verbal que os assusta, pois à medida que o tempo passa a criança não é capaz de se comunicar de modo eficiente ou mesmo com idade avançada, entre três a cinco anos de idade, a criança não fala.
Conforme Ballone (2005, p.4),“aproximadamente 37% das crianças autistas começam a falar as primeiras palavras normalmente, mas param de falar, repentinamente, entre o 24º e o 30º mês”.
Com a ausência da fala a criança sente cada vez mais dificuldade em interagir socialmente. Na maioria dos casos essas crianças apenas repetem as palavras ouvidas, que para os pesquisadores suas conversas é apenas um eco e nesse eco as palavrassão repetidas exatamente na forma como são ouvidas.
As manifestações verbais da criança portadora do autismo soam de forma estranha ao interlocutor, pois, sua linguagem não possui função de comunicar algo à outra pessoa. De acordo com Vygotsky (1982), aprendizagem e linguagem são indissociáveis. Através da linguagem e de suas diversas formas de comunicação verbais e não verbais (olhares,...
tracking img