Desemprego

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4886 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MACROECONOMIA II 1E207

(2009-10)

João Correia da Silva (joao@fep.up.pt)

PROGRAMA

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8.

Crescimento económico Mercado de trabalho e desemprego Consumo e poupança Investimento Moeda e mercados financeiros Défices orçamentais e dívida pública Taxas de câmbio e equilíbrio externo Equilíbrio macroeconómico
2

2.

MERCADO DE TRABALHO E DESEMPREGO

2.1.Conceitos e Factos 2.2. Equilíbrio no Mercado de Trabalho 2.3. Desemprego Estrutural 2.4. Desemprego Friccional

3

Migrant Mother por Dorothea Lange
4

DESEMPREGO E INACTIVIDADE
• Desemprego (U): um indivíduo é desempregado se, num período de referência, se encontrar simultaneamente nas situações seguintes: • não possuir emprego; • procurar activamente emprego; • estiver imediatamenteapto/disponível a trabalhar.

• População Activa (NS): conjunto de indivíduos que, num período de referência, constituem a mão-de-obra disponível para a produção de bens e serviços que entram no circuito económico; inclui os indivíduos que estão empregados (E) e os desempregados (U): NS=E+U.
Revisão 5

DESEMPREGO E INACTIVIDADE
• População inactiva (Pop-NS): conjunto de indivíduos que, no período dereferência, não podem ser considerados economicamente activos (isto é, não estão empregados nem desempregados).

• Taxa de actividade (NS/Pop): percentagem da população que tem ou procura emprego; corresponde ao rácio entre a população activa e a população total.

• Taxa de desemprego (u=U/NS): percentagem da população activa que procura mas não consegue obter emprego; corresponde ao rácioentre população desempregada e população activa.
Revisão 6

DESEMPREGO – PORTUGAL (1955-2009)
Actividade e Desemprego em Portugal (1955-2009)
60% 50% 12% 10% 8% 6% 4%

40% 30% 20% 10% 0%
1955 1960 1965 1970 1975 1980 1985 1990 1995 2000 2005

Taxa de Actividade Taxa de Desemprego

2% 0%

Fonte: Banco de Portugal e Instituto Nacional de Estatística.
Revisão 7

taxa de desempregotaxa de actividade

DESEMPREGO – PORTUGAL (1998-2009)
Emprego em Portugal (1998) Emprego em Portugal (2009)

49,7%

47,8%

47,5%

47,5%

Empregados Desempregados 2,5% População Inactiva 5,0%

1998 População Activa Empregados Desempregados População Inactiva População Total
5.096 4.844 252 5.033 10.129 0

1999
5.136 4.910 226 5.031 10.167 0

2000
5.226 5.021 206 4.997 10.2230 51,1% 3,9%

2001
5.325 5.112 214 4.969 10.294 0 51,7% 4,0%

2002
5.408 5.137 271 4.958 10.366 0 52,2% 5,0%

2003
5.460 5.118 342 4.985 10.445 0 52,3% 6,3%

2004
5.488 5.123 365 5.021 10.509 0 52,2% 6,7%

2005
5.545 5.123 422 5.018 10.563 0 52,5% 7,6%

2006

2007

2008

2009

5.587 5.618 5.625 5.583 5.160 5.170 5.198 5.054 428 449 427 529 4.999 4.986 4.998 5.056 10.58610.604 10.623 10.638 0 0 0 0 52,8% 7,7% 53,0% 8,0% 53,0% 7,6% 52,5% 9,5%

50,3% 50,5% Taxa de Actividade 4,9% 4,4% Taxa de Desemprego Fonte: Instituto Nacional de Estatística.

Revisão

8

DESEMPREGO E INACTIVIDADE

• Parte da população é inactiva pelo simples facto de não estar em idade de trabalhar.

• População em idade activa: conjunto de pessoas residentes, com idades compreendidasentre os 15 e os 64 anos (alternativamente, podem considerar-se todas as pessoas com 15 ou mais anos).

• Taxa de emprego: percentagem da população em idade activa que está empregada.

Revisão

9

DESEMPREGO – PORTUGAL (1998-2008)

1998 Pop. Residente
Homens Mulheres

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

Pop. Residente (15 e +)
HomensMulheres

População Activa
Homens Mulheres

Empregados
Homens Mulheres

Desempregados
Homens Mulheres

10.129 10.167 10.223 10.294 10.366 10.445 10.509 10.563 10.586 10.604 10.623 4.884 4.905 4.934 4.971 5.009 5.052 5.087 5.115 5.125 5.133 5.141 5.244 5.263 5.289 5.323 5.357 5.393 5.421 5.448 5.461 5.471 5.481 8.445 8.505 8.577 8.654 8.724 8.800 8.863 8.912 8.942 8.975 8.993 4.021 4.053...
tracking img