Defesa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1411 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE

INTRODUÇÃO 2
Variação linguística 3
Variação linguística diastrática 3
 Linguagem popular; 4
 Linguagem padrão/corrente; 5
 Linguagem cuidado; 6
RESUMO 6
CONCLUSÃO 7
REFERÊNCIA……….…………………………………………………………………………………………. …………………………………8

INTRODUÇÃO

Este artigo abordará os conceitos das variações linguísticas na visão de Ferdinand de Saussure e de Soares Considerandoque, na literatura linguística existem poucos estudos acerca da variação diastrática, o objectivo deste trabalho é tecer algumas reflexões sobre os processos de linguagem, que muitas vezes falamos sem saber qual a variante linguística eu estou inserido, e qual sua importância para o individuo que a fala e que tipo de interacção ela e capaz de produzir no contexto social e cultural. Será que estasvariações podem destabilizar a língua nacional? Para estes questionamentos partirei de uma fundamentação teórica apoiada nos ensinamentos de Mattoso Câmara Jr., Soares e Francisco da silva Borba.

Variação linguística
Todas as línguas variam, ou seja, não existe nenhuma sociedade ou comunidade na qual todos falem da mesma forma. Em uma nação grande e extensa, a variação linguística seconstitui em um fato natural e inevitável, se considerada a heterogeneidade social e os diferentes graus de contacto intergrupal das diversas comunidades aqui existentes.
O responsável pela divergência linguística entre diferentes subgrupos de uma comunidade local seria o factor sociocultural, estando entre os aspectos distintivos a idade, o sexo, a classe social, a profissão, o grau de escolaridade.Por fim, o nível da fala ou o registo de uso, que se refere ao nível de formalidade da situação em que ocorre a comunicação.
Mediante Saussure (2006, p, 221) "é o fenómeno de uma língua que sofrer variações ao longo do tempo, do espaço geográfico, do espaço ou estrutura social, da situação ou contexto de uso". Isso significa dizer que uma língua está sujeita a reajustar-se no tempo e no espaço parasatisfazer às necessidades de expressão e de comunicação, individual ou colectiva, de seus usuários e principalmente no nível da língua (sons, morfologia, sintaxe e léxico). Percebe-se o grau de complexidade ao estudar as variações linguística que se ramificam em um processo sistemático e este subdivide-se em sincrónica, diacrónica, diatópica, diastrática e diafásica.

Variação linguísticadiastrática
No entanto neste estudo me focalizarei no sistema diastrático.
De acordo com as minhas pesquisas, variação diastrática, ‘’entende-se as variações que a língua apresenta no nível socioeconómico do falante’’. Ou seja, são as variações que ocorrem de um grupo social para o outro. Assim, factores tais como sexo, faixa etária, condição socioeconómica, profissão, religião e até mesmoconvicções político-partidárias e esportivas, entre outros, condicionam mudanças no uso efectivo da língua.
Para que possa haver uma interacção social e comunicação interna entre os indivíduos em uma determinada nação, é necessário que este pais, adopte uma língua nacional. Esta servirá de parâmetro e meio oficial de comunicação para a sociedade, e suas variações linguística que surgem na diversidade dasclasses sociais.
Mais será que a língua nacional é capaz de manter a coesão interna diante da pluridiversidade cultura que existe intrinsecamente nas variadas regiões, cidades, municípios etc. de um país como Moçambique? De acordo com o meu entender:

Ela garante a unidade nacional porque facilita a compreensão mútua, mas principalmente porque propicia a comunhão de pensamento. Além disso, asorte da língua nacional serve para medir o verdadeiro conceito de nação.

Mas observando a linguagem dos grupos sociais (advogado, cientista, poeta, camponês, feirante, taxista, malandro, etc.) nem sempre essa coesão é clara. Porque, essas camadas acabam criando o seu próprio código linguístico. E como isso, se estruturando é o que chamamos segundo, Mattoso Câmara (2002: 173), de mutação...
tracking img