De que maneira historia e linguagem se relacionam?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (251 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
sobre como o Império Romano foi visto e representado nos manuais didáticos históricos
utilizados durante a República Velha (1889-1930). Para tanto, utilizaremos comofontes
principais dois manuais históricos didáticos que foram largamente utilizados nesse período:
o Elementos da História Universal (1923), editado pela F.T.D. (FréreTheóphane Durant),
dos Irmãos Maristas e o Noções de História Universal - resumos das lições professadas na
Escola Normal (1920), dos professores e ensaístas Joaquim OsórioDuque-Estrada e
Leoncio Correia.
Palavras-chave: Representações – Antiguidade – República Velha.
INTRODUÇÃO
Propomos nesse estudo a elaboração de uma nova vertenteinterpretativa nas
pesquisas históricas brasileiras, buscando, por meio da análise do conteúdo desses manuais,
a relação das representações históricas da Antiguidade Clássica expostascom a tentativa de
formação de uma nova identidade republicana nacional, cidadã e alinhada aos interesses dos
grupos sociais que passaram a controlar o Estado brasileiroapós a proclamação da
República no Brasil (1889-1930). Esse tipo de análise não constitui uma novidade nos
manuais de História do Brasil do início do século XX, quetratam, entre outros temas, da
construção da representação de certos “heróis” republicanos após a Proclamação da
República, como, por exemplo, da figura de Tiradentes. Mas,observando as pesquisas
realizadas até o momento, a Antiguidade Clássica representada nos manuais ainda não foi
alvo de atenção dos historiadores no que toca especificamente àformação identitária
republicana nacional.
OS MANUAIS F.T.D. E DUQUE-ESTRADA/CORREIA
Origens e dados biográficos dos autores
A Editora F.T.D. iniciou sua trajetória na
tracking img