Custo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2029 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DE UMA APLICAÇÃO DE MÉTODO DE CUSTEIO INDIRECTO OU POR FASES OU PROCESSOS À MEDIDA DA PRODUÇÃO EFECTIVA NUM SISTEMA PRODUTIVO MÚLTIPLO DISJUNTO

Disciplina: Contabilidade de Custos

Índice:

Conceitos básicos do Método Indirecto 3
Definição do Método Indirecto e do seu campo de aplicação 3
Descrição do processo 3
Definição dos conceitos, objectivos e metodologias dastécnicas associadas: método da equivalência de acabamento e método da homogeneização das produções 4
O Método da Equivalência de Acabamento 5
Método da Homogeneização dos Produtos 5
Desenvolvimento de uma aplicação 6
Bibliografia: 10

Conceitos básicos do Método Indirecto

Definição do Método Indirecto e do seu campo de aplicação

No cálculo dos custos da produção podem ser utilizados doismétodos diferentes: o método directo ou de custeio por encomenda ou por ordem de fabrico e o método indirecto ou por fases ou processos, que correspondem, cada um deles, a situações diferentes. Numa dada empresa podem ser utilizados simultaneamente os dois métodos, um para uns produtos e outro para outros, bem como um método numa dada fase de fabrico e o outro noutra fase, naturalmente se assituações específicas conduzirem a esses métodos. O mais normal é a utilização em cada empresa de um só dos métodos.
O método indirecto ou por fases ou processos é utilizado nas chamadas indústrias de processo, ou seja, indústrias que fabricam continuamente o mesmo produto ou produtos durante todo o ano. Nestes casos, como por exemplo a indústria das cervejas, indústria cimenteira, indústria química,indústria de material eléctrico e indústria alimentar.
Por este método, as matérias-primas vão sendo consumidas e transformadas ao longo dos períodos por cada ordem de fabricação, pelo que se aguarda o final do mês para se conhecerem os respectivos custos que, divididos pelos produtos fabricados no mesmo período, se obtém o custo unitário
No método indirecto, a produção desenvolve-se de formacontínua e ininterrupta ou por séries de produtos homogéneos. A definição de produto para efeitos de custeio permite distinguir um bem homogéneo, sendo possível determinar o custo industrial do mês da unidade física (UF) do produto dividindo o custo industrial global do mês pela quantidade produzida. Assim, o custo unitário dos produtos fabricados é calculado relativamente à produção mensal decada produto e não por ordens de produção como acontecia, por exemplo, no método directo.

Descrição do processo

No Método Indirecto, as matérias-primas e os custos com a sua transformação (mão-de-obra directa + gastos gerais de fabrico) são acumulados mensalmente nas fases de produção em que interessa apurar os custos dos produtos. Apuradas as quantidades fabricadas e o custo da produção emcurso de fabrico (inicial e final), determina-se o custo médio das unidades acabadas em cada fase, as quais podem constituir matérias da fase seguinte. O custo de cada produto é, por conseguinte, calculado indirecta e periodicamente e sempre referido aos custos de produção que intervêm no processo.
O método indirecto é representado assim:

matérias
directasMatérias produtos produto acabado
directas c

custos de custos de
transformação transformação

Este esquema apresenta a fabricação de um produto em que as matérias-primas são transformadas numa primeira fase de produção.
Relativamente àquela fase I, determinam-se os custos do semiprodutoobtido. Passa depois para a fase seguinte onde é acabado. Assim, o custo do produto acabado resulta do custo do semiproduto obtido na fase I acrescido dos encargos com matérias directas e dos custos de transformação da fase II. Acontece frequentemente que entre as fases de produção há armazenagem do segmento, pelo que é indispensável determinar o custo deste para servir os objectivos da...
tracking img