Crescimento urbano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8233 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
As relações entre o crescimento urbano e os sistemas de gestão e de planificação da cidade da Praia em Cabo Verde.
MEDINA DO NASCIMENTO, Judite
Professora de Geografia urbana

Universidade de Cabo Verde E.mail: juditenasc20@hotmail.com

Palavras chave: Ordenamento do Território, Planificação Urbana, Gestão Urbana, Crescimento Formal, Crescimento Informal

Resumo A presente comunicação temcomo objectivo analisar as relações existentes entre as formas de crescimento urbano identificadas na cidade da Praia e a estrutura do Sistema de Gestão e de Planificação urbana. Especifcamente tentamos compreender até que ponto os problemas estruturais da cidade estão enraizados no sistema de Gestão e de Planificação. A partir da análise do crescimento da cidade e do sistema urbano

tentamosapresentar uma proposta de abordagem de Ordenamento Territorial e de Planeamento Urbanístico que consideramos que será a mais adequada às características da Praia. Para aproximar mais os citadinos do sistema de gestão e de planificação urbana, apresentamos uma proposta de nova organização da cidade em 10 Sectores Urbanos e a criação do Departamento de Gestão dos Sectores Urbanos, na estruturaorgânica da Câmara Municipal.

Introdução A Praia urbana concentrava 94.048 residentes em 20001, o que correspondia a 22% da população total do arquipélago de Cabo Verde. Trata-se do principal centro de gravidade do País (em termos políticos e económicos). Na qualidade de capital e constituindo o principal pólo de investimento, atrai pessoas de todos os quadrantes de Cabo Verde e do estrangeiro. Estaimigração progressiva e não controlada contribui para agravar os problemas urbanísticos da cidade, cujas infra-estruturas e serviços não estão adequados à demanda cada vez mais crescente. É uma cidade cinzenta e de
1

Segundo o recenseamento Geral da População e Habitação de 2000

1197

contrastes, que cresce a duas velocidades: por um lado, o crescimento formal lento e desajustado,instalado principalmente nos planaltos com localizações privilegiadas junto à orla marítima e, por outro, o crescimento informal rápido e descontrolado, instalado principalmente em áreas teoricamente inconstrutíveis. A Praia foi sendo povoada ao longo dos anos por pessoas oriundas do meio rural caboverdiano a procura de melhores condições de vida. Trata-se de uma população com hábitos e comportamentosespecíficos e adaptados/adequados ao sistema rural mas pouco adaptados ao meio urbano. Desconhecendo a urbanidade e as regras de conduta urbanas, provocam transformações no espaço e na sociedade de acolhimento, introduzindo aspectos de ruralidade ao tecido urbano. A inadequação/inadaptação de determinados comportamentos provoca desequilíbrios vários. As diferentes iniciativas de planificação urbananão obtiveram o êxito esperado e os impactos no espaço urbano são visíveis: quase ausência de espaços verdes e de lazer, crescimento urbano rápido e desarticulado, com nítida predominância do crescimento informal/espontâneo. Em 19 dos 31 bairros residenciais o crescimento informal é predominante e em 9 dos bairros considerados de crescimento formal, encontramos manchas de habitat espontâneo.Constatamos ainda uma inadaptação/inadequação das infra-estruturas e dos serviços urbanos, inacabamento das fachadas dos edifícios tanto nos bairros informais como nos formais, rede viária inadequada e ineficiente face às características da circulação. 1. O crescimento da cidade da Praia Até 1929 o espaço da cidade da Praia limitava-se, praticamente, ao Platô, com excepção de uma ou outra construçãonas suas proximidades. A expansão da cidade para fora dos limites desse centro histórico deu-se a partir dessa data. Em 1969 a cidade abarcava 16 áreas residenciais (quadro 1). Destas, o Platô já tinha 67.2% da sua área total ocupada, enquanto nas restantes esse valor atingia 34.5% na Achadinha, 24.7% no Paiol, 24.6% em Chã-de-Areia, 23.7% em Lem Ferreira, 22.4% em Vila Nova, 19.5% na Fazenda,...
tracking img