Controle estatistico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3743 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Cartas de Controle: para entender a variação e gerenciar o caos na nova economia Claudio Luiz Miotto Professor da Universidade Federal de Uberlândia e doutorando da EAESP-FGV miotto@ufu.br

Resumo A variabilidade nos processos é um desafio contínuo para os gerentes. As oscilações das características dos produtos ao longo de seus vários estágios de produção, e em várias outras dimensões dosprocessos de negócios, conduzem a situações de desorientação, e a muitas ações indevidas – tanto com relação às suas naturezas, quanto ao seu “timing”. O resultado é a insatisfação crescente de clientes externos e internos, tanto quanto a perda de recursos em suas diversas manifestações. Este estudo mostra a importância do fato de que todos na organização possam entender as causas da variação,encaminhando-se decisões adequadas. As cartas de controle continuam sendo um meio efetivo para a geração do conhecimento necessário ao tratamento das causas da variação. Contudo, a despeito de seu sucesso na área produtiva, como relatado aqui, a partir de um estudo de caso conduzido na Souza Cruz S.A., muito pouco se tem utilizado dos princípios das cartas de controle em outras áreas da organização.Palavras-chave: cartas de controle, variabilidade, ações corretivas. 1 – Introdução: O Significado da Variação "Nós convivemos com a variação em todos os aspectos de nossas vidas".(Bounds et al, 1994). Nenhuma peça ou produto é exatamente igual a outra. Nenhuma pessoa é exatamente igual a outra pessoa. Mesmo que duas pessoas se pareçam muito, do ponto de vista físico, logo perceberemos inúmerasdiferenças, inclusive psicológicas. Do mesmo modo, conforme Shainin (1990) "mesmo a melhor máquina automática não pode produzir todas as unidades exatamente iguais". Ao analisarmos com cuidado, mesmo que aparentemente sejam idênticas, apresentarão diferenças em suas formas, dimensões etc.À medida que são melhoradas as performances de máquinas e equipamentos, também surgem novos requisitos de projetos deprodutos, com exigências de exatidões cada vez maiores, e o entusiasmo inicial logo torna-se uma necessidade. Muitas vezes o próprio operador de um sistema introduz variação adicional ao mesmo. Ou como afirma Deming, (1990), Shainin (1990) "um operador cuidadoso, ajustando os pontos da máquina muito freqüentemente para permanecer dentro de uma estreita tolerância, poderá produzir mais peçasdefeituosas". Assim ao reagir diante de episódios localizados, deixa-se de focalizar o sistema produtivo como um todo, onde está a maior parte das causas de variações e de erros na produção. Em suma, “quando uma ou mais características de qualquer coleção de itens ou indivíduos são avaliados, os resultados não são os mesmos, isto é, eles apresentam variação” (Bounds et al, 1994).É necessário aprender aidentificar as variabilidades, buscar as suas causas e tomar ações corretivas pois, "a variação está sempre tentando nos dizer algo a respeito de um processo" (Deming, 1990). Quando a variabilidade é reduzida a qualidade é melhorada. “Quando vôos partem no horário, as programações podem ser planejadas com maior precisão. Os engenheiros lidam com variações o tempo todo. Um pistão deve ajustar-se a umcilindro, tubulações devem combinar-se com suas respectivas conexões, e um pacote de arroz deve conter a quantidade correta do cereal - de outra forma os clientes estarão descontentes
Variabil.doc/mhd57

2

com a qualidade inferior (Chase e Aquilano, 1992). De acordo com Deming, citado por Mann (1992) existe variação em tudo que é produzido em um processo, entretanto, este deve exibirestabilidade. Assim, qualquer sinal de instabilidade é um indicador de que algo está especialmente ocorrendo no sistema, alguma anormalidade está presente. No próximo tópico discutiremos aspectos do gerenciamento da qualidade e também procuraremos descrever as idéias centrais dos novos paradigmas gerenciais. 2 - As causas dos produtos defeituosos As raízes dos problemas muitas vezes estão nos próprios...
tracking img