Conto de anderson borges

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1958 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Conto baseado na notícia “Fugir da prisão escondido dentro de uma mala? Aconteceu!”. Ter, 07 de maio de 2011. Escrito por Anderson Borges.
A justiça tarde e sempre falha
(Lorena Fonseca Carlos)
Vinte aos de prisão, vinte anos! Como isso foi acontecer? Como puderam incriminar Juan Tijerina dessa maneira? O que queriam dele? Isso é algo que ele deve estar pensando durante todos esses anos nacadeia, com muita raiva acumulada.
Há 20 anos, Juan iria fazer uma viajem com sua namorada, Maria Del Mar, mulher com um corpo espetacular, com seus olhos cor de mel e cabelos negros, porém seus planos não deram certo. Ela acabou ficando doente bem no dia de ir e ele precisava muito descansar, afinal, as coisas em sua empresa estavam ficando feias, muitas brigas, confusões, a maioria causada porseu irmão Carlos Tijerina, homem arrogante e extremamente ambicioso. Durante sua viajem Juan foi parado em uma blitz e encontraram em baixo do banco de trás 3 armas, 2 PT 380 e uma AK 47 muito bem escondidas e por esse motivo está preso até hoje.
A única pessoa que acredita nele é sua linda namorada, Maria, que sempre o faz acreditar que as coisas vão dar certo. O que ela viu em Juan? Um carafeio, baixo, magro e pior, presidiário, não se sabe ainda.
Devo admitir que o que queriam dele deve ser o dinheiro, como conseguir? Fácil, o Roberto e o seu irmão Carlos, sempre disputaram para tomar seu lugar de presidente da empresa Lober Tur que fica no México, algo que só através de tamanha falcatrua conseguiriam! Juan planeja fugir hoje à noite e sua namorada prometeu ajudá-lo. Maria Del Marchega às 16h03minh na prisão em Chetumal.
- Demorou porque Maria? Faz mais de 30 minutos que estou esperando.
- Desculpa meu amor, tive que resolver uns problemas da loja. Tudo certo para a noite?
- Tudo! Estou mais do que preparado para sair daqui e tomar tudo que é meu.
- Claro meu amor.
Como planejado, no horário da janta, Juan fugiu pelo corredor esquerdo da sala de refeições que dava acessoao local de roupa sujas, se misturou entre as milhares de roupas imundas que estavam em uma bacia enorme. Como era sabido, o funcionário chegou para pegar a bacia por voltas das 18h30minh da noite, Levou até o lado de fora para despejar tudo no caminhão. Ficou espiando até chegar perto da Av. Efrain Aguilar, na tal esquina que Maria estaria esperando por ele. Local deserto, os dois se encontrarame deram um grande abraço e um curto beijo, devido ao pouco tempo para a fuga. Ele iria trocar de roupa e ir com ela pegar o vôo com seus novos documentos, todos falsificados, porém, sua fuga foi percebida rapidamente pela excelente polícia do México e então, o que fazer? Maria parecia já ter a solução para o caso e disse:
- Já sei você vai viajar dentro da minha mala! Ninguém vai ver.
- Talouca Maria? Como vou caber ai?
- Só trouxe uma roupa, vai dar certo.
- Por que você só trouxe uma única roupa? Já planejava isso?
- Sempre bom um plano B não é meu amor?

Juan sorriu e foi direto tentar se encaixar dentro da mala, não foi muito difícil devido as suas características. Com muito esforço Maria levou a mala até o aeroporto, chegando perto realizou uma ligação e Juan só ouviu “Estouentrando, tudo certo”. Ficou um pouco desconfiado, com quem Maria estaria falando? Pra quem ela contou sobre isso? Descobriu em pouco quando de repente abriram a mala no meio do aeroporto e quem estava lá?
- Carlos? O que está havendo, cadê a Maria? Ela não fez nada, é tudo culpa minha.
- Calma Juan, sei bem que minha esposa – Maria aparece ao seu lado abraçada- não tem culpa de nada.
- ESPOSA?COMO?
- Desculpa bebê, não mandei o convite, mas não se preocupa não, não gastamos muito do se. Quer dizer, do nosso dinheiro.
- Como pode me enganar durante todos esses anos? Como?
- Como pode ser tão idiota durante todos esses anos amorzinho?
Enquanto as lágrimas corriam seu rosto, Juan se lembrou de tudo que havia aprendido na prisão, a ser forte, a lutar, a não ser mais besta, a...
tracking img