Conhecimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 61 (15210 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESPM no topo das Américas
O planejamento de um projeto de altíssimo risco.

Preparado pelo Prof. Rodrigo Siqueira, ESPM RJ,
com revelantes contribuições de Camila Freire Bezerra,
pesquisadora do projeto de iniciação científica (PIC).
2008

Destinado exclusivamente ao estudo e discussão em classe, sendo proibida a sua utilização ou reprodução em
qualquer outra forma. Direitos reservados ESPM.www.espm.br centraldecases@espm.br
(11) 5085-4625

RESUMO

Este caso descreve o processo de planejamento e execução de uma expedição de alta montanha. O caso apresenta
os desafios enfrentados pela expedição e o planejamento e gerenciamento de riscos empreendidos de forma a evitar mortes e aumentar a possibilidade de chegada ao cume. A expedição ocorreu entre 5 e 17 de janeiro de 2006
no monteAconcágua, situado na cordilheira dos Andes e a maior montanha do hemisfério sul e do ocidente, com
6962 metros de altitude. Apresentam-se aqui os fatos ocorridos e por final, estabelecem-se alguns questionamentos pertinentes ao planejamento tanto quanto a execução.

Palavras-chaves: Planejamento, Projetos, Expedição, Risco, Execução.

www.espm.br/publicações 2

ESTRUTURA

1. Uma visão

2. Expedições deAlta Montanha

3. O Planejamento da Ascensão

4. A Ascensão

5. Perguntas do caso

6. Referências

Apêndices

www.espm.br/publicações 3

1. Uma visão

alta do mundo localizada na cordilheira do Himalaia
com seus assombrosos 8848metros, sem o auxílio de

“El Aconcágua... El Centinela de Piedra... En sus

oxigênio suplementar. Entretanto, maior divulgação

pendientes inhumadas, donde el hielo y elviento son

do que o feito obteve a trágica morte do alpinista

soberanos, suelen tocarse los extremos: el principio

Vítor Negrete, que não conseguiu retornar em segu-

y el final de un camino; el éxito y el fracaso; la vida

rança e faleceu no dia 19 já no último acampamento

y la muerte.” Autor desconhecido

avançado, pouco abaixo do cume.

O que leva um homem se unir a outros e se aven-

Ointeresse do homem pelas montanhas vem desde

turar a lugares inóspitos, enfrentar condições extre-

o início da história humana. Os motivos variam desde

mas de sobrevivência, a saudade da família, solidão

religiosidade, admiração, superação, medo e o fascí-

e mesmo assim seguir adiante? Que sentimento ou

nio pelo desconhecido. Na Grécia Antiga (2000 A.C.),

razão existem para essas pessoas seimporem tama-

por exemplo, acreditava-se que os deuses habitavam

nho desafio e ainda assim, persistirem?

o topo do Monte Olimpo, principal montanha da região. Já na idade média, por volta do século XV, devi-

Tais perguntas são difíceis de serem respondidas,

do a forte visão teocêntrica da época, acreditava-se

tanto para os montanhistas quanto (e ainda mais)

que no alto das montanhas viviammonstros e dra-

para os que não são. Em janeiro de 2006, Rodrigo

gões. Foi com o início do Iluminismo (século XVIII),

Siqueira, montanhista e professor da ESPM partiu

movimento histórico que incentivou o desejo de co-

rumo ao Aconcágua esperançoso de vivenciar uma

nhecer a si próprio e o mundo ao redor, que as mon-

experiência ímpar e alcançar o cume da montanha.

tanhas passaram a aguçar acuriosidade do homem e

O caso a seguir apresenta os desafios enfrentados

fazê-lo aventurar-se nelas com espírito desbravador.

pela expedição assim como aspectos do planejamento empreendido. A expedição ocorreu entre 5 e 17 de

Assim, Horace Benedict Saussure, naturalista, físico

janeiro de 2006 no monte Aconcágua maior monta-

e professor de Filosofia na Universidade de Genebra,

nha dohemisfério sul e do ocidente, com 6962 me-

aspirando realizar inúmeras pesquisas científicas no

tros de altitude.

Mont Blanc, ponto culminante dos Alpes Europeus
com 4.807 metros de altitude, ofereceu uma recom-

A idéia de escalar o Aconcágua surgiu em janeiro de

pensa em dinheiro para quem descobrisse a via de

2005, quando em turismo pelo Chile, Rodrigo atra-

ascensão à montanha. Com isso,...
tracking img