Conflitos de relacionamento no trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1544 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade de Brasília - UnB
Instituto de Psicologia – IP
Dep. de Psicologia Social e do Trabalho – PST

III Seminário de Gestão da Ética nas Empresas Estatais – CCBB – junho/2007
Mesa: CONDUTA PESSOAL
Palestra: Conflitos de Relacionamento no Trabalho

Profa. Dra. Ana Magnólia Mendes

O texto tem por objetivo, refletir sobre concepções, princípios, fatores
antecedentes ecaracterísticas dos conflitos de relacionamento no trabalho,
apresentando exemplos desses conflitos, causas e conseqüências. Também
busca apontar alternativas para transformar e superar tais conflitos,
demonstrando o papel do coletivo de trabalho e da ética nas relações
socioprofissinais.
A abordagem que fundamenta essas idéias é a Psicodinâmica do trabalho,
segundo Mendes e Col (2007). Parte-se dopressuposto que não é possível
estabelecer relações socioprofissinais sem conflitos. O foco é na perspectiva
construtiva dos conflitos, significando que as relações de trabalho não devem ser
motivo de insatisfação, mal-estar e sofrimento no trabalho. O desafio é como na
prática profissional desenvolver positivamente essas relações.
Para a Psicodinâmica o conflito é um jogo de forças que operamsobre o sujeito,
levando-o a soluções de compromissos, que implica em renúncias e perdas. No
trabalho, esses conflitos são vivenciados quando entra em confronto o desejo do
trabalhador, expresso nas necessidades, aspirações e interesses e a realidade de
trabalho, geralmente, marcada pelo produtivismo, desempenho e excelência. Um
exemplo de conflitos muito presentes nas relações de trabalho hojeé o “fazer
mais X fazer bem”. As exigências das organizações, muitas vezes, sem as
condições necessárias para execução das tarefas, levam os trabalhadores a
negligenciar a qualidade em nome da quantidade. Outros exemplos são “trabalhar
em equipe X trabalhar sozinho”, “atender normas que não acredita X perder o
emprego”, “cooperar X sobrecarregar-se”, “denunciar práticas que discorda Xsilenciar”.
Esses conflitos têm suas causas nas dimensões do contexto de trabalho, que na
maioria das vezes, favorecem a rivalidade entre os colegas, a competição e o
individualismo, tendo em vista, as estratégias de gestão utilizadas, como os
sistemas individualizados de avaliação de desempenho. Especificamente, podem
ser consideradas situações provocadoras de conflitos nos relacionamentos agestão pelo controle medo, pressão, desconfiança e insegurança; normas sem
Ana Magnólia Mendes
Coordenadora do GEPSAT – Grupo de Estudos e Pesquisa em Saúde e Trabalho
anamag@unb.br
www.unb.br/ip/pst/saudeetrabalho

III Seminário de Gestão da Ética nas Empresas Estatais

2

limites ou muito padronizadas; poder autocrático ou permissivo; comunicação sem
visibilidade, paradoxal, restrita; focona produção, ideologia da excelência, metas
inatingíveis e falta de sentido do trabalho.
Essas situações inserem-se em três dimensões do contexto organizacional:
organização, condições e relações socioprofissionais de trabalho, as quais
imprimem um modo de gestão que pode ser produtor de conflitos e permitir ou
não o seu enfrentamento.
Segundo Mendes (2007), a organização do trabalho édefinida como a divisão e
conteúdo das tarefas, normas, controles e ritmos de trabalho. As condições de
trabalho definidas como a qualidade do ambiente físico, posto de trabalho,
equipamentos e materiais disponibilizados para a execução do trabalho. E as
relações socioprofissionais, são conceituadas como os modos de gestão do
trabalho, comunicação e interação profissional.
Os conflitos sãoconstrutivos quando essas dimensões oferecem oportunidades
para negociação, ou seja, existe uma margem de liberdade para o trabalhador
ajustar á realidade de trabalho aos seus desejos e necessidades. Isso significa
que a organização do trabalho precisa ter certa flexibilidade, as condições de
trabalho devem ser adequadas e as relações socioprofissionais devem ser
abertas, democráticas e...
tracking img