Civil ii

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (419 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
WEB AULA 1
CASO CONCRETO 1
A) R: SIM, NA SUA MAIORIA REGULA TODAS AS RELAÇÕES DO NOSSO COTIDIANO.
B) R: PRINCÍPIO DA ETICIDADE: ART. 422 DO CC, VISA IMPRIMIR EFICÁCIA E EFETIVIDADE NASRELAÇÕES JURÍDICAS DE DIREITO PRIVADO.
PRINCÍPIO DA SOCIALIDADE: DETERMINA A SUPREMACIA DO INTERESSE PÚBLICO, DAÍ O PREDOMÍNIODO SOCIAL SOBRE O INDIVIDUAL.
OS PRINCÍPIOS ACIMA APLICAM-SE AODIREITO OBRIGACIONAL, POIS FAZ VALER O PRINCÍPIO DA DIGNIDADE HUMANA E FUNCIONA COMO UM LIMITADOR DOS ATOS DA VIDA CIVIL.
C) R: OBRIGAÇÃO: RELAÇÃO JURÍDICA DE CARÁTER PATRIMONIAL E TRANSITÓRIOENTRE CREDOR E DEVEDOR, QUE TEM POR OBJETIVO O CUMPRIMENTO DE UMA PRESTAÇÃO. EX: PAGAMENTO DE ALUGUEL ;
DEVER: ESTÁ PREVISTO NA LEI O FAZER E NÃO FAZER.
RESPONSABILIDAE: CONSEQUÊNCIAPATRIMONIAL DO DESCUMPRIMENTO DE UMA OBRIGAÇÃO. EX: FIADOR;
ÔNUS: É O ENCARGO, UMA NECESSIDADE DE SE OBSERVAR DETERMINADO COMPORTAMENTO PARA OBTENÇÃO DE UMA VANTAGEM EM PROVEITO PRÓPRIO. EX:ANATOCISMO;
ESTADO DE SUJEIÇÃO: UMA PESSOA É OBRIGADA A SE SUJEITAR A UMA DETERMINADA SITUAÇÃO. (DIREITO POTESTATIVO). EX: CONTRATO EDUCACIONAL / BANCÁRIO.
CASO CONCRETO 2
1 R: VÍNCULOFAMILIAR, RELAÇÃO DE PARENTESCO
2 R: ATO ILÍCITO
3 R: ATO UNILATERAL
4 R: CONTRATO DE COMPRA E VENDA
5 R: TÍTULO DE CRÉDITO
WEB AULA 2
CASO CONCRETO 1
R) A lei, ao admitirprestação de coisa futura, quer significar que tal prestação de coisa futura, quer significar que tal prestação pode constituir objecto da obrigação. Se a coisa futura não chega a existir, ou que vem aexistir, mas em quantidade inferior à prevista, por causa não imputável ao devedor, a obrigação extingue-se total ou parcialmente, conforme os casos, ficando o credor desonerado de toda a contra prestaçãoou de parte dela (arts. 795º/1, 793º/1 CC). Mas nada impede que as partes convencionem que o risco da prestação não chega a existir será suportado pelo credor (art. 800º/2 CC).
CASO CONCRETO 2...
tracking img