Ciencias sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2652 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANHANGUERA EDUCACIONAL-UNIDERP (CEAD)
POLO DE ANANINDEUA (PA)

CURSO: ADMINISTRAÇÃO- 2º SEMESTRE
DISCIPLINA: CIÊNCIAS SOCIAIS
PROFESSOR (a): Mª Claudia Regina Benedetti
TURMA: 02/N20

ACADÊMICOS:
Alunos:, Aline Michellydo Socorro Valcácio Marquês, RA (401407);
André Mesquita de Medeiros Branco, RA (349766);
Laurenilce de Jesus Silva, RA (389244);
Núbia Cristina Flexa de Oliveira, RA (389243).

CIÊNCIAS SOCIAIS

Trabalho acadêmico apresentado à Universidade Anhanguera Uniderp (CEAD), como requisito paraavaliação da disciplina de Ciências Sociais, orientado pelo professor: Reginaldo Camelo.


Ananindeua
Novembro/ 2012

Introdução
A contribuição das Ciências Sociais para o avanço doconhecimento humano está em identificar os principais problemas da sociedade. As Ciências Sociais tem como objetivo estudar essa relação do homem com o meio em que vive. Estudando a origem, a organização, Nos funcionamentos da sociedade e da cultura humana podemos ver o quão complexo e conflitante é essa relação do homem com a sociedade, motivo de muito estudo e abordagem sobre o tema.
Analisaros conflitos populacionais, a formação de opiniões e a construção de uma identidade, costumes, hábitos e a conflitante relação entre indivíduos em sociedade. Podemos ver claramente e sentir a necessidade da ação das Ciências Sociais na nossa vida, no nosso cotidiano. A formação dos padrões, regras e leis humanas na sociedade, além de guiar e traçar as diretrizes de ações e influencia na formaçãodo caráter, limitação de atitudes, e leis morais que regem a sociedade.
Ao ocuparem posições sociais, as pessoas veem o seu comportamento determinado não tanto pelas suas características individuais, mas em maior medida, pelas expectativas face à posição que ocupam. Assim, o papel social vem caracterizar modelos de comportamento que, ultrapassando as diferenças e as adaptaçõesindividuais, orientam a ação dos sujeitos que ocupam uma determinada posição. Em cada grupo em que o indivíduo participa, ele desempenha um papel de acordo com o estatuto que lhe é atribuído. A sociologia serve-se do papel social para demonstrar que a atividade dos sujeitos é socialmente influenciada e segue padrões de regularidade.

O conceito da "construção social da realidade"apresentado por Peter Berger e Thomas Luckmann, considera que os fatos sociais são o resultado de um processo histórico de construção coletiva de conhecimento. E no ponto de vista dos autores, toda a realidade é socialmente construída, dia a dia, pelas práticas individuais e sociais, o que conduz a uma permanente redefinição e renegociação das regras, normas, significados e símbolos sociais que podem,inclusivamente, ser contestados.
Para os autores, todo o agir humano está sujeito ao hábito e esse é formado a partir de ações frequentemente repetidas. Tal repetição molda um padrão que pode ser reproduzido e apreendido pelo executante (BERGER; LUCKMANN, 1973).
O processo de formação do hábito relaciona-se com a institucionalização. Esta ocorre sempre que há umatipificação recíproca de ações habituais por todos os indivíduos de um determinado grupo social. As tipificações são sempre partilhadas e acessíveis a todos os indivíduos de uma sociedade ou organização e implicam a historicidade e controle, não podendo ser criadas instantaneamente visto que são produtos sócio-históricos.
Berger e Luckmann (1973), afirmam que os indivíduos...
tracking img