Case

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3681 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRAMA DE NOVELA,
MASSACRE REAL

Case Glória Pires

MBA Administração Estratégica
Nomes:

TRAMA DE NOVELA, MASSACRE REAL

A fofoca é uma instituição que existe desde o tempo das cavernas, quando não havia sido inventada a escrita e todas as informações, verdadeiras ou não, eram transmitidas oralmente. Milhares de anos depois, o boca-a-boca continua a ser a fonte primária de fuxicos quedificilmente são a favor — a fofoca eficiente, afinal de contas, é sempre aquela que ajuda a manchar reputações. Fofocas que envolvem personalidades famosas, como atores e políticos, tendem naturalmente a amplificar-se, ganhando a condição de boato. Até aí nada de muito problemático. A dor de cabeça é quando boatos desembarcam nas páginas dos jornais e nos programas da mídia eletrônica. A partirdesse momento, eles ganham legitimidade, status de notícia. É difícil livrar-se de um boato quando ele atinge esse estágio. Muitas vezes, os desmentidos públicos têm efeito contrário — se os atingidos não tiverem uma prova material, o que quase sempre é impossível, ajudam a divulgá-lo ainda mais e mantêm acesa na cabeça das pessoas a dúvida de que tudo, afinal, pode ter um fundo de verdade. Alógica do boato é tão perversa que ele ganha força na medida em que incorpora ingredientes inverossímeis. Trata-se de um caso típico de como funciona a psicologia das multidões. "Os boatos agem como um sismógrafo dos sentimentos e emoções mais recônditos", explica o historiador Nicolau Sevcenko.

Fonte : http://veja.abril.com.br/170698/p_112.html

A MAIOR VITIMA

Logo você, que nunca foipadrasto, mas sim um pai para Cléo. Todo o referencial paterno dela é você e não o pai biológico. Afinal, você é a pessoa que a criou desde os cinco anos, idade que ela tinha ao nos casarmos, é a figura masculina que este e sempre ao lado dela – seja levando ao médico, buscando na escola, indo à reunião do colégio. Tanto que os presentes que Cléo fazia na escola para o Dia dos Pais eram dados a você, éclaro que aquela boataria mexeu em coisa muito séria e o feri profundamente, eu me torturava vendo como aquilo tudo o deixava abalado a ponto de precisar tomar remédio para controlar a hipertensão, era mesmo uma punhalada, principalmente em alguém como você, não dedicado à família. É angustiante recordar aquele dia que você chegou a casa chorando depois das aulas, porque passou no corredor da escolae alguns colegas apontavam para você e sorriam.
Cada ação para tentar esclarecer os fatos e passar nossa verdade mostrava-se, ao final, uma armadilha. Estávamos presos ao boato, que só fazia ganhar força. Mas não dava para ver nossa família ser atacada daquela maneira e ficar de braços cruzados. Era preciso agir. Por isso, demos três passos firmes para tentar escapar do labirinto.

1. Quaisforam os procedimentos adotados pelo casal na tentativa de conter a divulgação das notícias e quais os erros cometidos? Justifique.

Demos três passos firmes para tentar escapar do labirinto, combatendo aquele vírus que tentava nos minar com o seu melhor antídoto, a verdade.

PRIMEIRO PASSO

Lançamento do livro do Nelson Motta, a imprensa estava lá para cobrir o incuto. E os jornalistasaproveitavam nossa presença pra perguntar se estava tudo bem entre nós. Eles chegavam perto, nos examinavam, era meio estranho. Respondíamos que sim, que havíamos de acabado de chegar de viagem e tal. Mas até insistiam. Até que tiveram coragem e perguntaram:
- vocês estão sabendo de um boato?
Não tínhamos como escapar do fogo-cruzado, mas respondemos com maturidade:
- ouvimos alguma coisa assim,mas nem me parece boato.
Demos demonstração pública de que estávamos bem e juntos, sem crise nenhuma. Mas o assunto não morria. Comparar a situação de ‘’uma famosa atriz global’’ com uma vivida pelo diretor Woody Allen, que naquele período tinha se separado da mulher para viver com a enteada.
É impossível esquecer as noites em que nós três nos reuníamos em casa para falar do assunto....
tracking img