Cadeia produtiva do pescado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2722 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
CURSO: NUTRIÇÃO

Cadeia Produtiva do Pescado no Estado do Pará

Professor: Johnatt Rocha
Discente: Gabriela Cunha

Belém
2013

Resumo
No Estado do Pará, as cadeias produtivas assumem importante papel socioeconômico na ocupação de mão-de-obra, geração de renda e oferta de alimentos para a população, especialmente para aspequenas comunidades do meio rural.
E o setor pesqueiro assume um papel fundamental na economia estadual dada a sua relevância na ocupação de mão-de-obra e produção de alimentos. No entanto, a ausência de estudos que integram aspectos biológico-técnicos e socioeconômicos dificulta o ordenamento da pescaria, dada a complexidade da atividade pesqueira
Introdução
Define-se cadeia produtiva como sendoo conjunto de atividades econômicas que se articulam progressivamente desde as fases iniciais da elaboração de um produto até a colocação do produto final junto ao consumidor. Isso inclui desde as matérias-primas, insumos básicos, máquinas e equipamentos, componentes, produtos intermediários até o produto acabado, a distribuição, a comercialização e a colocação do produto final junto aoconsumidor, formando elos de uma corrente (EMBRAPA, 2006).
Atualmente, o Brasil é o 25º produtor mundial de pescado. E a cadeia produtiva da pesca artesanal no Nordeste do Estado do Pará, assume um papel fundamental na economia estadual dada a sua relevância na ocupação de mão-de-obra e produção de alimentos (Santos, 2005).
A pescada amarela é um dos principais recursos explorados na costa norte doBrasil e representa 19% dos desembarques do Estado do Pará. Os principais portos de desembarque são as cidades de Belém, Bragança e Vigia que juntas representam aproximadamente 66% dos desembarques do estado (Mourão et al., 2009).
A atividade pesqueira na costa paraense é complexa e nela coexistem diversas unidades que denominamos “sistemas de produção pesqueira”. Cada sistema apresenta uma estruturarelativamente homogênea, com características tecnológicas, econômicas, ecológicas e sociais particulares (ISAAC et al., 2009). Atualmente, os grupos de espécies de maior importância para a pesca artesanal da costa norte são os bagres; C. acoupa (pescada amarela) e pescada gó Macrodon ancylodon; C. microlepdotus; serra Scomberomorus brasiliensis e o pargo Lutjanus purpureus (Mourão et al., 2009).Embora a importância desse recurso seja facilmente comprovada pelo volume desembarcado e relevância sócio-econômica da atividade no litoral paraense, não existe atualmente legislação específica. Verifica-se, ainda, a escassez de informações integradas acerca dos aspectos da pesca (sócio-econômico, tecnológico e ambiental) que possam assegurar a sustentabilidade e manutenção das espéciesexploradas, bem como o ordenamento da atividade pesqueira na região (Mourão et al., 2009).
* A cadeia produtiva da pesca artesanal no Nordeste Paraense
Atualmente, o Estado do Pará é o maior produtor nacional de pescado. As estatísticas mais recentes, referentes ao ano de 2003, indicam que o Estado responde, isoladamente, por 63% da produção da Região Norte e 15,5% da produção nacional, constituindo-seno maior produtor de pescado do país. (IBAMA, 2004).
A Região Norte ocupa o segundo lugar no país, respondendo por 24,6% da produção nacional de 2003, sendo os Estados do Pará e Amazonas os mais representativos (Santos, 2005).
No período 1993/2003, foi um dos estados que mais contribuiu para a ampliação da produção nacional. Ao passar de uma produção de 82,1 mil toneladas, em 1993, para 154,4mil toneladas, em 2003, o estado exibiu uma taxa de crescimento de 10% ao ano, sobejamente superior ao crescimento observado no país, que foi de 4,5% ao ano, e da maior parte das demais regiões do país (Santos, 2005).
A produção de pescado do Estado do Pará é derivada de três segmentos de atividade: a pesca artesanal, a pesca industrial e a aquicultura (Santos, 2005).
A pesca artesanal é...
tracking img