Brincar e a inclusao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4030 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
O foco do projeto está na integração dos indivíduos com necessidades especiais por meio das brincadeiras, artes (Teatro e musica). A pesquisa investiga uma possível forma de diálogo envolvendo o individuo com diferentes deficiências (auditiva, visual, cognitiva, motora, mental e outras) e pessoas sem deficiências, mas que se dispõem a trocar convivências e experiências. Abordaremosos trabalhos criados por um grupo de teatro (composto por atores com e sem deficiências) chamado “ Trupe do Trapo”, um trabalho desenvolvido por Viviane Louro e Sergio Zank. Iremos deflagrar as atividades configuradas, os jogos e universo regrados pela criatividade ,universo este, criado por cada um. Entendendo o grau de interesse da criança, participação, dificuldade, facilidade, criatividade, asrelações afetivas estabelecidas com a brincadeira e os brincantes, assim como as apropriações de sentido do universo lúdico, artístico e as conexões feitas com a realidade.

JUSTIFICATIVA
Podemos notar em muitos estudos realizados sobre a deficiência, que o processo de desenvolvimento e aprendizado da criança, a sua formação o se dá pelo brincar. E as atividades artísticas junto com asbrincadeiras permitem aos indivíduos, descobrir, construir, ampliar, aperfeiçoar (a sua percepção; criatividade; suas habilidades motoras; afetos; entre outros). Através das artes o individuo interage com o ambiente e percebe-se integrado a ele por meio de múltiplas vivencias. Ao encenar / fantasiar, tocar um instrumento, por exemplo, eles passam a compreender, através do universo cênico, o mundo real.As diferenças sociais em contrapartida implicam nas oportunidades de acesso dessas pessoas aos espaços e tempos das aonde as artes são oportunizadas. Logo, essas pessoas que não são estimuladas pelas situações de aprendizagem propiciadas pelas brincadeiras, têm o seu desenvolvimento enfraquecido.
A pesquisa faz-se importante ao propor-se investigar esta proposta artística que pretendemtrabalhar com as pessoas deficientes. Ao destacarmos a importância da inclusão queremos ressaltar o quanto essa inclusão esta limitada a centros voltados para a mesma, e que muitas possibilidades de aprendizado e inclusão acabam sendo deixadas de lado. E também demonstrar que não há um limite de capacidade na deficiência nem um manual de instruções, mas sim certas habilidades particulares a seremexploradas e desenvolvidas respeitando o lado individual.

OBJETIVO GERAL
Nosso objetivo é mostrar outras possibilidades de inclusão através das brincadeiras envolvendo o teatro, musica, dança, artes plásticas, desenho no intuito de divulgar metodologias e técnicas alternativas para esse público. E também ressaltar que não há um limite de capacidade na deficiência nem um manual de instruções, massim certas habilidades particulares a serem exploradas e desenvolvidas respeitando o lado individual.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Deflagar as atividade configuradas
Demonstrar como a brincadeira em conjunto com a arte auxilia na inclusão.

PROBLEMÁTICA
Hoje notamos várias ações referente a política de inclusão, ou seja, locais que acolhem esse tipo de público como por exemplo, AACD, APAEe outras instituições. Não há dúvidas que essas instituições realmente são capacitadas para acolher esses indivíduos, mas será que na sociedade em si em relação ao convívio com os outros, no acesso a cultura, arte, todas modalidades que um cidadão tem direito, eles estão efetivamente incluídos? Incluir, é apenas aplicar um processo terapêutico ou também demonstrar ao deficiente caminhosalternativos de inclusão?

A evolução do conceito de deficiência do século XX

A concepção de deficiência como variação do normal foi uma criação do século XVIII, e desde então ser deficiente é ter um corpo fora do que é aceitavelmente normal. A anormalidade provém de julgamentos estéticos e portanto, é um valor sobre os estilos de vida. É uma afirmação ética que desafia nossos padrões daquilo que...
tracking img