Brasil: politica universalista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (436 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Como a ampliação das relações do Brasil com países e regiões fora do eixo tradicional da diplomacia: membros da ZPCAS, reforça a característica universalista da política externa brasileira?Andressa Caroline
Ariane Oliveira
Karen Lopes
Patryck Garbazza


O início do século XXI é marcado por acontecimentos nos planos internacional e doméstico que favoreceram a dimensão do AtlânticoSul nas políticas externa e de defesa do Brasil.
No Brasil, o governo Lula foi buscou enriquecer as relações Sul-Sul. A agenda aproximou o Brasil da África, com a construção de alianças, como oG-3 (Brasil, Índia e África do Sul) e o G-20, constituído por países que defendiam interesses agrícolas nas negociações na OMC.
A política externa brasileira procurava associar desenvolvimentosocial e econômico com a segurança internacional. E mantinha no discurso diplomático a necessidade de reformar o Conselho de Segurança das Nações Unidas.
Em sintonia com o contextointernacional pós 11/09, o Brasil, no âmbito do Atlântico Sul, atribui prioridade especial aos países da África Austral e aos de língua portuguesa, buscando aprofundar seus laços com esses países.
Aintensificação da cooperação e do comércio com países africanos também se insere na estratégia de consolidar o Atlântico Sul como região de sua influência. Sendo a Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sulque é composta, essencialmente, pelos países do litoral oeste da África, o principal meio dessa relação.
Essa política de aproximação com a costa africana implica interesses ambiciosos porparte do Brasil, como busca por apoio à sua candidatura a membro permanente do Conselho de Segurança da ONU, e até mesmo extensão de seus negócios, vide o interesse da Petrobras em países como Angola,Líbia, Nigéria e Tanzânia.
Surge assim o questionamento: até que ponto a cooperação brasileira na manutenção da segurança, não só armada como ambiental e social dos países do oeste africano...
tracking img