Purpura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1550 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO

A púrpura de Henoch-Schönlein (PHS), também conhecida como púrpura reumática foi descrita inicialmente por Schonlein em 1837.
A Púrpura é definida como a presença de sangue fora dos vasos sanguíneos, que são vistos como manchas roxas maiores que as de petéquias, devido ao extravasamento de sangue por rupturas de pequenos vasos; vênulas e capilares, muitas vezes oaparecimento da púrpura é ocasionado por traumatismo na pele ou mucosas (plaquetopênica), porém existem casos que mesmo com o número de plaquetas serem normais o distúrbio pode ser por causa na sua função, que o é caso da Púrpura de Henoch-Shönlein, que estaremos abordando neste trabalho, sendo uma vasculite leutocitoclatica, (inflamação dos vasos da pele, podendo também acometer os vasos do intestino,articulações e rins) produzida por uma resposta anormal do sistema auto-imune, mais freqüente nas crianças e adolescentes.
O seu diagnóstico é essencialmente clínico, baseado na presença de dois ou mais diagnósticos, principalmente o da púrpura palpável que define o diagnostico.




















2. VASCULITES

A Vasculite é uma inflamação que ocorre nascamadas intimas dos vasos sangüíneos determinada por diferentes agentes e mecanismo patogênicos como: grande infiltração de neutrófilos e eosinófilos responsáveis pela fagocitose e produção da histamina, por conseqüência, a luz vascular é diminuída pelo edema, e a túnica intima se fragmenta e, nos estágios finais, ocorre a necrose fibrótica, ocorrendo geralmente a formação de tecido de granulação,enfraquecendo ainda a parede dos vasos. (Chadwick.2001).
Segundo Cossermelli (2000), a vasculite atinge tipos diversos de vasos, onde as vênulas, capilares e arteríolas estão mais comprometidas na angiite de hipersensibilidade (leucocitoclastica cutânea); Vasculite Crioglobulinêmia, Púrpura de Henoch-Shönlein; quando as pequenas artérias também são atingidas, as vasculites variantes sãorepresentadas pela poliarterite microscópica, granulomatosa de Wegener e Síndromede Churg- Strass, já as inflamações de artérias de pequeno e média calibre pode caracterizar a poliarterite Nodra e a doença de Kawaraki, enquanto as das artérias de médio e grande calibre, incluindo a aorta, aparece na Arterite Temporal e na Arterite de Takayasu.
















2.1. VASCULITE DEHIPERSENSIBILIDADE


Pertencendo ao grupo de doenças com angiite de hipersensibilidade (Leucociloclastica), incluindo a Vasculite Crioglobulinêmia e a Púrpura Henoch-Shönlein, que estaremos abordando no próximo tópico, atinge as arteríolas, capilares e vênulas, pós capilares da pele e tecido subcutâneo, com um comprometimento característico diferente de outras angiites que atingem artériasmusculares maiores.
Possui relação com a Hepatite B e seus mutantes, vírus da Hepatite C i, esporadicamente, associa-se com tumor sólido ou neoplasias hematológicas. A doença é usualmente autolimitada , em que o órgão-alvo é a pele, podendo atingir músculos, nervo, rim, pulmão, sistema nervoso central, aparelho gastrointestinal, menos frequentemente ela é crônica ou recorrente. Caracteriza pelocomprometimento cutâneo (Púrpura palpável, mais comum , ou urticária, nódulo papular etc.), atingindo pernas, braços e nádegas, podendo alcançar a face, essa distribuição é a de PHS que representa umas das doenças desse grupo. Apresentando menor comprometimento visceral e menos acentuada, seu prognostico melhor que as que afetam as pequenas artérias (Cossermelli. 2002).3. PÚRPURA DE HENOCH-SHÖNLEIN

Púrpura de Henoch-Shönlein (PHS), também conhecida como púrpura reumatóide ou púrpura anafilactóide, foi descrita inicialmente por Schonlein em 1837. Situada dentro do grupo de doenças vasculites de hipersensibilidade, atingindo as arteríolas, capilares e vênulas, pós-capilares da pele e tecido subcutâneo. É mais freqüente em crianças e adolescentes, com...
tracking img