Bioquimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10161 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
02/05/2011 – glicólise;

Glicólise: quebra de glicose com o objetivo de fornecer energia (na forma de ATP) e intermediários para outras vias metabólicas. A glicólise é o centro do metabolismo dos carboidratos, pois todos os glicídios são convertidos em glicose. O piruvato é o produto final da glicólise. A glicólise envolve uma série de dez reações. Há a glicólise é dividida em glicólise édividida em glicose aeróbia / oxidativa, quando o piruvato é convertido em CO2 e H2O, e glicólise anaeróbia / não oxidativa, quando o piruvato é convertido em lactato.
Os processos catabólicos rendimentos energéticos são maiores na glicólise.
O piruvato antes de entrar na via aeróbica é convertido em acetil-coa, e pode ser utilizado no fígado para sintetizar ácidos graxos.

Aula:
Introdução:
Acada processo de glicólise, onde se tem uma sequencia de 10 reações enzimáticas, que vão ser necessárias para converter a glicose em 2 piruvatos. Esse piruvato também vai diferir no seu destino. Um destino seria a fermentação alcóolica, processo que não acontece em humanos, somente em oliveduras. Em humanos, o piruvato originado da via glicolítica, vai ter dois grandes destinos. Ou vai terfermentação láctica, ou o piruvato vai ser totalmente oxidado até CO2 e H2O. Será abordado a seguir a fermentação láctica. Glicólise é a quebra de glicose até piruvato. A glicólise a partir daí pode ser aeróbica/oxidativa ou anaeróbica/não oxidativa. Glicólise: glicose piruvato.
Praticamente todas as células do organismo são capazes de fazer glicólise. A via glicolitica é ativada para quebrar glicose eproduzir energia na forma de ATP. O grande objetivo da via glicolítica é produzir energia, para a manutenção das funções celulares, como por exemplo, a contração muscular. A via glicolítica vai estar ativa quando a célula precisar de mais energia.
O piruvato assume dois caminhos distintos. A glicólise anaeróbica/não oxidativa; glicólise aeróbica/oxidativa. A glicólise é um processo catabólicoonde há redução de coenzimas e produz energia. A glicólise aeróbica precisa de oxigênio para acontecer. O Rendimento energético da glicólise aeróbia é muito maior que a da glicólise anaeróbia. A via glicolítica só vai ficar ativa, quando a célula precisa de energia, mas vai depender das condições fisiológicas.
Por exemplo: o piruvato antes entrar na via oxidativa, vai ser convertido no compostoacetil-coa. Depois segue a via de ciclo de Crebs e cadeia de transporte de elétrons. O acetil-coa pode ser utilizado no fígado para sintetizar ácidos graxos, no estado alimentado. No estado alimentado, a glicose entra na via glicolítica e é convertida em lipídios. Por esse motivo, que se consome carboidrato e se engorda gordura. Gordura não volta a ser carboidrato.

Glicólise: --15--
Viametabólica com uma sequencia de enzimas, altamente regulada, que vai ter 10 reações enzimáticas, onde o produto de uma reação é o substrato da reação seguinte. Nessa via metabólica há três enzimas regulatórias.
a) Hexocinase – reação 1;
b) PFK-1 – reação 3;
c) piruvato cinase – reação 10.

Essas 10 reações estão divididas em duas grandes fases.
1) Fase preparatória / de investimento (fase1 – F1);
2) Fase de recompensa / de geração de ATP / de ganho energético (fase 2 – F2).
A conversão de glicose até piruvato na via glicolítica, que é um processo oxidativo, vai gerar ATP; só que na primeira fase (F1) da glicólise vai haver gasto de ATP; na F1 duas moléculas de ATP vão ser consumidas para formar o composto frutose – 1,6 – bifosfato, que por sua vez é o quebrado em duas triosesfosfato, daí para frente vai se começar a gerar energia. A conversão das 2 trioses fosfato em piruvato vai gerar 2 moléculas de NADH e mais 2 ATP. O saldo da via glicolítica é 2 ATPs gastos e 4 ATPs formados, gerando um saldo de 2 ATPs produzidos. No final das contas, a glicólise produz 2 ATP e 2 moléculas de NADH. O NADH vai depender se o piruvato vai para a via oxidativa ou pela via não...
tracking img