Biefing

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1102 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TENDÊNCIAS ECONÔMICAS
POR FLÁVIO CASTELO BRANCO E PAULO MÓL

PIB do Brasil segue o ritmo de expansão do mundo
A ECONOMIA BRASILEIRA CRESCEU, EM 2007, MAIS do que se previa no início do ano. A projeção da CNI para o crescimento do PIB em 2007 elevou-se para 5,3%, contra uma estimativa de 4,2% realizada no primeiro trimestre. As projeções foram, ao longo do ano, sistematicamente revistas paracima, à medida que se tornaram evidentes os efeitos combinados da queda dos juros e do aumento do gasto público sobre a demanda agregada. A economia não cresce a taxas superiores a 5% desde 2004. O ritmo de expansão deste ano é o dobro da média observada nos últimos dez anos. O Produto Interno Bruto (PIB) per capita, por sua vez, aumentará em 4%, uma taxa que – se mantida para os anos seguintes –permite ao Brasil dobrar sua renda per capita em menos de duas décadas. Mais do que isso, a economia brasileira conseguirá, enfim, expandir-se em 2007 a um ritmo semelhante à média mundial. Trata-se de uma situação pouco usual: em apenas uma ocasião nos últimos
PIB do Brasil e PIB mundial – Variação anual (%)
FONTE: CONTAS NACIONAIS/IBGE E WORLD ECONOMIC OUTLOOK/IMF

Bons resultados em 2007 nãogarantem a consolidação de um novo patamar de crescimento, o que permanece um desafio para 2008

BALANÇO 2007 E PERSPECTIVAS 2008

dez anos – em 2004 – o crescimento econômico do Brasil foi pelo menos tão dinâmico quanto no mundo. No restante dos anos, o PIB brasileiro cresceu, em média, 1,5 ponto percentual ao ano abaixo da taxa de crescimento do PIB mundial. Os ganhos em 2007 sãoexpressivos: a) o PIB cresce com inflação sob controle; b) o crescimento vem acompanhado de melhor distribuição de renda; c) a indústria de transformação lidera o crescimento da economia e o aumento da produção abrange a maior parte dos setores industriais; d) o mercado de trabalho é fonte de boas notícias: a taxa de formalização da mão-deobra alcança o nível mais alto da década e a taxa de desocupação, emcontraste, situa-se no nível mais baixo; e) os juros reais recuam e o volume de crédito aumenta, o que amplia a capacidade de consumo das famílias e reduz o custo financeiro das empresas; f) a situação externa melhora, com expressiva ampliação das reservas internacionais e a virtual eliminação da dívida externa.
Taxa de desocupação
– % da PEA 11 2006 10

7
5,3 4,8 4,2 3,8 3,4 4,3 2,7 2,5 2,73,1 5,7 3,2 3,8 5,3 4,0 4,8 5,4

6
5,2

5 4 3 2 8 2007 9

1,3 0,0 1998 0,3 1999 2000 2001 2002

1,1 2003 2004 2005 2006 2007

1 0
jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez
FONTE: PME (IBGE)

1997

7

brasil

mundo

26

I N D Ú S T RIA B RAS IL EIRA

J A N EIRO 2 0 0 8

Crédito livre e direcionado

– % do PIB 40
34,0

30,8 28,1 23,9 21,0 18,7

30

209,4

9,9

10,1

10

2005 Recursos direcionados
FONTE: BANCO CENTRAL DO BRASIL

2006 recursos livres

2007 total

0

Assegurar o forte ritmo de crescimento é o desafio que se coloca para 2008. Não obstante a profusão de bons indicadores em 2007, há fatores que ameaçam a continuidade do crescimento. Em primeiro lugar, a taxa de câmbio (real por dólar) valorizou-se bem mais que amédia das demais moedas, com impactos sobre a competitividade de importantes segmentos da indústria. Em segundo lugar, o aumento dos gastos públicos segue maior que o crescimento da economia, resulta em pressão para o aumento da carga tributária. A tributação excessiva reflete a ausência de avanços no controle e na qualidade do gasto público. Em terceiro lugar, o crescimento mais robusto da economiarequer investimento em infraestrutura. Atualmente, a qualidade e confiabilidade dos serviços de infra-estrutura são críticos para a competitividade dos produtos brasileiros. Em quarto lugar, melhorar o ambiente de negócios no Brasil e torná-lo propício para investidores é uma necessidade premente. Nesse contexto, avançar a agenda de reformas que permitam a redução da burocracia e o aprimoramento...
tracking img