Bi em pme

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1147 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SAP CLUB 31

ALIANÇAS

ATKS

Sobre a ATKS

BI nas PME: Realidade ou Ficção?
Luís Carlos Machado, Director Geral da ATKS
Se está satisfeito com a Informação de Gestão da sua empresa, então este artigo não é para si. Quantas vezes tomou decisões em que tem claramente a sensação de que não estava da posse da informação que realmente precisava? Quantas vezes ficou com a sensação de que usouo seu instinto mais do que devia? Ou pior, quantas vezes teve a sensação de que os dados que precisava estavam algures na empresa mas simplesmente ninguém conseguia reuni-los e tratá-los? Se isto lhe aconteceu muitas vezes, é porque a sua organização não tem um conceito Business Intelligence. E quando se fala de um conceito Business Intelligence, está-se a falar muito mais do que apenasferramentas de Business Intelligence. Está-se a falar numa visão, na capacidade de ver a organização das diferentes perspectivas e de as cruzar. Não se está a falar de produzir dados, está-se a falar de produzir informação. Os dados existem na empresa: no ERP, em folhas Excel, em bases de dados dispersas. Trata-se de, usando esses dados, produzir informação: coerente, fidedigna, analisável e acessível a quemdela precisa. Consideremos uma das perguntas mais simples que se pode fazer numa organização: qual é o nosso melhor cliente? Pegando nas suas melhores listagens, o Director Comercial responderá o Cliente A, porque é o que gera maior volume de negócio; o Director Financeiro responde o B porque gera maior margem; o Director de Produção o C porque é a aquele cujas exigências menos problemas trazem àlinha de produção, e por aí fora. Provavelmente, o Tesoureiro responderá ainda o D porque é
40

A Unidade de Business Intelligence (BI) da ATKS tem conhecido vários casos de sucesso com o conceito de BI em PME, aliando o seu know-how ao conhecimento do mercado das PME, a sua forma de trabalhar e as suas necessidades. Assenta esse processo numa visão heurística, que lhe permitiu usar modelostestados em cenários mais abrangentes e adaptar os métodos a soluções mais focadas e localizadas. Para mais informações visite www.atks.pt.

o mais “certinho a pagar” e o Vendedor o E porque é aquele que compra quase “sem ter que lá ir”. E, para sua surpresa, verifica que há um cliente importante que nem sequer aparece nas listagens, simplesmente porque tem várias entidades de facturação que, porsi só, não são significativas para se tornarem visíveis. Conclusão: há que correlacionar todas estas diferentes visões, ver os diferentes ângulos de análise e escolher o mais correcto em cada momento. No fundo, ter a chamada visão única do cliente. É isto que um conceito Business Intelligence faz pela organização. E se pode fazer isto para uma pergunta aparentemente tão simples como “qual o nossomelhor cliente”, imagine-se o que pode fazer pela quantidade enorme de perguntas que fazemos no dia-a-dia das nossas organizações, quase retoricamente, porque sabemos que a resposta, especialmente em tempo útil, é impossível de obter. Há vários anos que as grandes corporações perceberam a tendência e começaram a investir em Business Intelligence. De facto, a riqueza de dados existentes nos seus ERP,CRM, SCM, Folhas de Cálculo, Bases de Dados dispersas, etc, é enorme. O seu valor só pôde começar a ser realmente explorado quando surgiram um conjunto de ferramentas que permitiram construir um verdadeiro mundo novo no que diz respeito à exploração de dados e análise de informação. Se não percebeu como, olhe para a sua caixa de correio. Não pode deixar de sentir que a sua correspondência estámuito mais direccionada para si. Que o conhecem melhor. De uma forma incomparavelmente melhor do que há 20 anos atrás. E se o conhecem melhor não é apenas porque

anda a deixar os seus dados espalhados por todo o lado, mas porque estes dados estão a ser tratados e a ser gerada informação que permite conhecê-lo. Mas tão ou mais importante que conhecêlo a si, é conhecer pessoas como você. Os seus...
tracking img