Bases macromoleculares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10119 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Bases Macromoleculares da Constituição Celular




A estrutura e o funcionamento das células dependem de macromoléculas formadas pela polimerização de monômeros.
A molécula da água é um dipolo com características especiais que a tornam indispensável à vida.
As proteínas são polímeros de 20 aminoácidos diferentes.
A estrutura das moléculas das proteínasapresenta 4 níveis de organização: primário, secundário, terciário e quaternário.
O metabolismo celular deve-se à atividade das enzimas.
Pela ação do frio, pode-se baixar ou parar, temporariamente, a ação das enzimas.
Agrupadas em seqüência, muitas vezes presas a membranas, as enzimas atuam de modo mais eficiente.
Isoenzimas são moléculas ligeiramentediferentes que atuam sobre o mesmo substrato, porém com velocidades diferentes.
Os ácidos nucléicos (DNA e RNA) são polímeros de nucleotídeos.
Há três tipos de RNA, com funções diferentes: RNA de transferência, RNA mensageiro e RNA ribossomal.
O RNA pode ter ação enzimática.
A hibridização molecular permite caracterizar bem as moléculas de RNA e de DNA.Os lipídios são componentes importantes das membranas celulares e formam reservas nutritivas.
Os polissacarídeos constituem reserva energética sob a forma de glicogênio e amido, e desempenham papel estrutural como parte das moléculas de glicoproteínas e proteoglicanas.
As moléculas que constituem as células são formadas pelos mesmos átomos encontrados nos seres inanimados.Todavia, na origem e evolução das células, alguns tipos de átomos foram selecionados para a constituição das biomoléculas. Noventa e nove por cento da massa das células são formados de hidrogênio, carbono, oxigênio e nitrogênio, enquanto, nos seres inanimados da crosta terrestre, os quatro elementos mais abundantes são oxigênio, silício, alumínio e sódio. Excluindo-se a água, existe nas célulaspredominância absoluta dos compostos de carbono, extremamente raros na crosta da Terra. Portanto, a primeira célula e as que dela evoluíram selecionaram os compostos de carbono (compostos orgânicos), cujas propriedades químicas são mais adequadas à vida.
As células são constituídas de macromoléculas poliméricas
É característica da matéria viva a presença de moléculas de alto peso, oumacromoléculas, que são polímeros constituídos pela repetição de unidades menores, chamadas monômeros. Os polímeros formados por monômeros semelhantes são chamados de homopolímeros. É o caso do glicogênio, que é constituído exclusivamente por moléculas de glicose. Os heteropolímeros são constituídos por monômeros diferentes. Os ácidos nucléicos, por exemplo, são heteropolímeros.
Asmacromoléculas existem nas células com grande diversidade não só quanto ao seu tamanho, mas, principalmente, quanto à variedade dos seus monômeros constituintes. Os polímeros encontrados nos seres vivos (biopolímeros) serão aqui estudados quanto à sua constituição e quanto à importância biológica dos processos de interação dessas macromoléculas. Os biopolímeros de maior importância são as proteínas,constituídas por aminoácidos; os polissacarídeos, que são polímeros de monossacarídeos; e os ácidos nucléicos (DNA e RNA), formados por nucleotídeos.
Além dos polímeros, moléculas menores como lipídios, água, sais minerais e vitaminas têm relevante papel na constituição e funcionamento das células.
A diversidade estrutural e funcional de um polímero depende da variedade de seusmonômeros. Na constituição das proteínas participam 20 aminoácidos diferentes, enquanto os ácidos nucléicos são formados por apenas cinco tipos de nucleotídeos (monômeros). Por isso, as proteínas têm maior polimorfismo e, conseqüentemente, maior diversidade funcional do que os ácidos nucléicos.
Freqüentemente, macromoléculas de diferentes tipos se associam para formar complexos como as...
tracking img