Politica de goias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6951 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA POLÍTICA DE GOIÁS – Pedro Ludovico Teixeira, o democrata
modernizador ou o Coronel da modernidade?
Fernando da Rocha Rodrigues 1
RESUMO: Com este trabalho, pretende -se verticalizar estudos acerca dos mecanismos de
dominação tradicional aplicados no Estado de Goiás, bem como a formação das chamadas
elites regionais, e sua representatividade na conjuntura política nacional, os meiosde
dominação por elas utilizadas, comparando -as à formação das oligarquias nacionais. No caso
do estado de Goiás, (objeto de nosso estudo), nota -se que essas práticas de dominação
imperaram durante a era Ludovico que conseguira ascender ao poder por meio da revolução
de 1930 e consolidara o seu perfil administrativo espelhado no que existe de melhor mescla
entre a política da modernidademovida a ferro e fogo.
PALAVRAS-CHAVE: História de Goiás. Oligarquias. Política. Pedro Ludovico Teixeira.
I SUMMARIZE: With this work, it is intended verticalizar studies concerning the
mechanisms of traditional dominance applied in th e State of Goiás, as well as the formation of
the calls regional elites, and your representatividade in the national political conjuncture, the
dominance meansfor them used, comparing them to the formation of the national oligarchies.
In the case of the state of Goiás, (I object of our study), it is noticed that those dominance
practices reigned during the era Ludovico that had gotten to ascend to the power through the
revolution of 1930 and it had consolidated your administrative profile mirrored in what it
exists of better mixture among thepolitics of the modernity moved to iron and fire.
WORD-KEY: History of Goiás. Oligarchies. Politics. Pedro Ludovico Teixeira.
INTRODUÇÃO
Partindo de pressupostos acerca da estruturação política de Goiás na Rep ública Velha,
considero que a base de sustentação do poder político dos chefes interioranos esta na política
assistencialista, paternalista e clientalista desenvolvida pelos coronéis no âmbitoda máquina
administrativa local.
Durante algum tempo, acredita va-se que o fenômeno de “coronelismo” fosse uma
prática restrita ao nordeste brasileiro, porém, ao dialogarmos com a historiografia nacional,
nota-se que esse fenômeno é absolutamente conceitual isto é, está relacionado às estrutura de
mandonismo local através da força política que se estendeu com o advento da República.
1Graduado em História pela FECHA, Pós em História do Brasil e Região pela FECHA
2
A fim de elucidar as formas de legitimação do poder e os mecanismos asseguradores
de obediência, faz-se necessário discutir o modelo de dominação tradicional presente nas
relações representativas no Brasil.
Pode-se discutir em outro momento alguns conceitos acerca dos conceitos e categorias
que corroborem estaestrutura de poder. Porém afirma-se que a dominação tradicional,
segundo Max Weber, está ligada a utilização da força física e psicológica como mecanismo de
manutenção do poder.
HISTÓRIA POLÍTICA DE GOIÁS – Pedro Ludovico Teixeira
Entre os autores que discutem as práticas e representações de dominação tradicional
destacam-se: Maria Isaura, Raimundo Faoro, e Victor Nunes Leal, os q uaisrespectivamente
apontam que o termo coronel advém da Guarda Nacional que foi criada a 18 de agosto de
1831. Os chefes locais mais destacados ocupavam nela os postos mais elevados, no caso, de
coronéis, seguidos de majores e capitães. A Guarda Nacional foi extinta logo após a
proclamação da República, porém persistiu a denominação de “coronel”, de onde se originou
o vocábulo “coronelismo”. Especialmentepara Leal, (1976: 19 -21); Carone, (1978: 251-269);
Faoro, (1989: 620-659), Queiroz, (1976: 164).
Esse coronel seria definido pela sua força política, pela sua influência junto aos órgãos
administrativos, usando a máquina pública (no caso da República), para assegurar os seus
interesses políticos e pessoais.
Para Queiroz (1997: 164) “um coronel importante constituía uma espécie de elemento...
tracking img